Interventora de Ciudad del Este no Paraguai contratou 1.000 funcionários em dois meses

 Diretor-geral brasileiro da Itaipu visita prefeito de Curitiba e governador
28 de maio de 2019
Foz do Iguaçu já contabilizou 756 novos postos de trabalho em 2019
28 de maio de 2019

Interventora de Ciudad del Este no Paraguai contratou 1.000 funcionários em dois meses

Nos dois meses em que ficou no cargo de interventora de Ciudad del Este, a vereadora Perla Rodriguez de Cabral contratou mais de 1.000 funcionários, inchando a folha de pagamento. A denúncia foi feita neste domingo pelo atual prefeito Miguel Prieto em um programa de TV.

A Prefeitura já estava em dificuldades financeiras em função da má gestão e dos desvios de recursos ocorridos durante o mandato da prefeita Sandra Mc Load de Zacarias, que permaneceu no cargo por oito anos e foi deposta.

“Pegamos uma máquina inchada, endividada, com problemas de toda a ordem, faltam até produtos de limpeza. É um escândalo”, afirmou o prefeito, que assumiu o cargo há pouco mais de duas semanas. Sua equipe está reunindo documentos para denunciar novas irregularidades.

A secretária da Fazenda, Magdalena Montiel, disse que até o dinheiro que havia em contas bancárias foi sacado no apagar das luzes da gestão passada. Para piorar a situação, muitos suspenderam o pagamento de impostos e a Prefeitura não tem crédito em para comprar combustível. “Até o dinheiro dos royalties e do Fanacidade, sumiu, gastaram tudo”.

Adelino de Souza Freelancer / Foto: ABC

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA