Homem que matou esposa e escondeu o corpo é condenado a 15 anos de prisão

Foz é sede de Encontro Regional de Basquete neste fim de semana
9 de março de 2019
9 de março de 2019

Homem que matou esposa e escondeu o corpo é condenado a 15 anos de prisão

Elias José Anacleto González, de 39 anos, foi condenado em júri popular nessa quinta-feira (7), a 15 anos e dois meses de prisão em regime fechado pelos crimes de homicídio duplamente qualificado, feminicídio e meio cruel, fraude processual, falsidade ideológica e ocultação de cadáver.

Gonzáles assassinou a própria esposa, Nilfa Elizabeth González Anacleto, de 27 anos, e escondeu o corpo por quatro dias no quarto da residência onde vivia com a vítima. O crime ocorreu em novembro de 2017 e chocou a população pela crueldade, pois a mulher foi asfixiada e teve o corpo jogado em um matagal.

O julgamento teve início por volta das 13h, no Fórum de Justiça de Foz do Iguaçu. Familiares de Nilfa – que era paraguaia – vieram do país vizinho para acompanhar a sessão que durou mais de seis horas.  Elias Gonzáles falou por aproximadamente uma hora. Durante o depoimento ele afirmou que cometeu o crime por ciúmes porque a esposa havia confessado, durante uma discussão, que havia se relacionado com outro homem.

Da redação / Foto: Enrique Alliana

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA