Encontro de Líderes termina com painel sobre importância dos cassinos

Projeto Unila ao seu Alcance leva informações sobre o acesso à universidade
18 de maio de 2019
Justiça do Trabalho inaugura nova sede em Foz do Iguaçu
18 de maio de 2019

Terminou nesta sexta (17) o Encontro de Líderes do Turismo que reuniu autoridades e empresários do país e do exterior em Foz do Iguaçu. O painel de encerramento contou com a presença dos deputados Vermelho, Newton Cardoso Junior, Herculano Passos e Ricardo Guidi.

O assunto principal girou em torno da legalização dos cassinos, companhias aéreas e o marco regulatório dos jogos no Brasil. “Desta vez o projeto sairá do papel porque o Brasil não pode continuar perdendo divisas e deixando de gerar milhares de empregos”, destacou o deputado Vermelho, que é membro da Comissão de Turismo e da Frentur.

Segundo dados da Comissão Permanente de Turismo e da Frente Parlamentar de Turismo, o Brasil poderá arrecadar até R$ 30 bilhões por ano com a legalização dos jogos e gerar mais de 600 mil empregos diretos.

Vermelho quer urgência no projeto que libera os cassinos no Brasil. “A legalização de cassinos gerará emprego e mais divisas para o país porque os brasileiros estão indo jogar no exterior. Nós temos o dever de agilizar e aprovar o projeto porque iremos tirar milhares de brasileiros da informalidade”.

O Casino é proibido no Brasil desde 1946, e nos últimos anos, a liberação e regulamentação dos Casinos e outros jogos de azar é um assunto muito debatido na Câmara e no Senado. Por isso, uma comissão especial se reuniu para tratar da liberação dos planos de jogos, afim de regulamentar o jogo do bicho, bingos, casinos, apostas esportivas no País, trazendo uma luz nova para um segmento que vive a muito tempo embaixo dessa ilegalidade.

“Quando você tira da informalidade, você gera emprego. Essa formalidade vai trazer a arrecadação”, explicou Vermelho. “Nós temos muito a fazer ainda. Não tenho dúvida de que essa legislatura com certeza fará diferença. Temos que modernizar esse País, não dá mais para o Brasil ficar sem casinos! O turismo está pronto, nós temos a natureza, temos o que mostrar para o povo, basta os interesses políticos não atrapalharem o trade turístico do Brasil”, complementou.

Adelino de Souza Freelancer / Foto: Christian Rizzi/AMN

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA