Diretor-geral da Unioeste apresenta atividades pelos 40 anos de ensino superior na cidade

Encontro promove gastronomia jesuíta guarani da fronteira
7 de junho de 2019
Museu em Ação muda de endereço para comemorar os 35 anos do Refúgio Biológico
7 de junho de 2019

Diretor-geral da Unioeste apresenta atividades pelos 40 anos de ensino superior na cidade

Números sobre estrutura física, quadro de pessoal, alunos e, principalmente, ações de pesquisa e extensão desenvolvidas no campus de Foz do Iguaçu da Unioeste foram alguns dos tópicos abordados pelo diretor-geral Fernando José Martins, na manhã desta quinta-feira (6), em sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu. A intervenção do diretor-geral ocupou tempo concedido pela presidente da casa, Beni Rodrigues.

Véspera de completar 40 anos de assinatura do decreto do Conselho Estadual de Educação, que autorizou a criação das primeiras turmas de ensino superior de Foz do Iguaçu (7 de junho de 1979), Martins também anunciou as atividades alusivas à comemoração da data e apresentou um resumido quadro da educação superior no município.

“Em todos os lugares onde vamos tem alguém tem ou já teve alguma relação com a Unioeste. A universidade contribuiu e ainda contribui muito com a região”, apontou o diretor-geral. “Temos clareza da importância do início da Facisa para Foz do Iguaçu e, principalmente, o significado dos egressos das primeiras turmas no desenvolvimento da região. Hoje Foz do Iguaçu é uma geradora de massa crítica e profissional, ciência e tecnologia”, constata.

 

AI Unioeste

Fotos: Marcos Oliveira

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA