Desaparecimento de servidor público de Foz completa dois meses

6 de março de 2019
Senado se prepara para acompanhar debate de reforma da Previdência
6 de março de 2019

Desaparecimento de servidor público de Foz completa dois meses

No dia 7 de janeiro deste ano, por volta das 8h30, o funcionário público estadual Juan Christian Talavera Márquez deixou a sua residência em Foz do Iguaçu e não retornou mais. Desde então, não fez nenhum contato com os seus familiares ou amigos.

O caso foi registrado na 6ª Delegacia de Polícia Civil em Foz do Iguaçu. Em quase dois meses do desaparecimento, a família de Juan Talavera questiona o que considera ser uma negligência das autoridades, devido à falta de ações concretas que possam localizá-lo.

Educador social da Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Governo do Paraná, Juan Talavera tem 35 anos, é argentino com cidadania brasileira e mora em Foz do Iguaçu há 32 anos. Sua família, com o apoio de amigos, veicula nas redes sociais anúncio com dados e foto dele, bem como telefone de contato para obter informações do servidor público.

Qualquer informação sobre Juan pode ser comunicada pelo telefone/WhatsApp (45) 99982-8575 ou 3524-2442. A família ainda solicita que as pessoas interessadas em ajudar compartilhem nas redes sociais o anúncio sobre o desaparecimento do funcionário público.

Da Redação / Foto: Divulgação

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA