CPI da iluminação pública define função dos membros

Foz Cataratas goleia o lanterna São José pela Liga Nacional
11 de julho de 2019
Polícia Civil prende estelionatário que agia em Foz do Iguaçu e Santa Terezinha
11 de julho de 2019

A Comissão Parlamentar de Inquérito, que apura indícios de superfaturamento e/ou desperdício de dinheiro público na aquisição e instalação de luminárias de LED e execução de serviços de iluminação de Foz do Iguaçu, definiu nesta manhã (10/07), a composição. Como presidente ficou definido o vereador Elizeu Liberato (PR); como relator o vereador CelinoFertrin (PDT); e como membro o vereador João Miranda (PSD).

Na reunião, os integrantes da CPI decidiram solicitar à Prefeitura documentos da íntegra do processo licitatório e ao Observatório Social, informações de acompanhamento dos gastos públicos. Os ofícios ao Executivo e ao Observatório serão encaminhados e ficam no aguardo da resposta para que os vereadores possam fazer a análise documental. Além disso, a comissão deve solicitar ao Presidente da Câmara que designe um servidor do setor de compras do Legislativo para auxiliar na análise dos documentos.

CMFI / Foto: Divulgação

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA