Donizeti Melo
Donizeti Melo
Sul-Americano de Xadrez

Foz do Iguaçu será sede do Campeonato Sul-Americano de Xadrez Escolar, evento que acontecerá de 13 a 15 de dezembro. As disputas serão das categorias sub-7 ao sub-17 anos no masculino e feminino. O torneio acontecerá nas dependências do Hotel Foz do Iguaçu. O sistema de disputa será em seis rodadas, dependendo do número de inscritos por categoria. É Foz confirmando estar entre as principais cidades do estado que dão atenção especial ao esporte.

Morreu atleta da Acorrefoz
O atletismo de Foz perdeu nesta semana um atleta muito querido pelos amigos, especialmente pelos colegas da Associação de Corredores da cidade. Faleceu José Ferreira (foto), considerado atleta exemplo de superação, além de artesão, poeta de contos, amigo de todos e encantado pela família. Cumpriu com honradez sua missão aqui na terra. José Ferreira tinha 73 anos de idade. Há um ano sofreu uma queda e passou apenas a fazer caminhadas. Ele deixa um vazio entre centenas de colegas.

Conquista de Ivan Carlos
Quem está se dando bem no futebol das Três Fronteiras é o treinador Ivan Carlos Mororo Alves. Trabalhando no Paraguai desde março, o renomado professor é o comandante do Nacional FBC, equipe que tem centros de treinamento em Cidade do Leste e manda jogos em Assunção. Ivan foi campeão da Liga de 1º de Março e garantiu vaga para disputar a Copa do Paraguai em 2020. Essa competição tem o mesmo formato da Copa do Brasil. Estamos torcendo para o amigo. 

 

Níver do Agenário
O colega Agenário Lourenço recebeu muitos cumprimentos nesta semana. O veterano profissional da fotografia comemorou aniversário e não escondeu a felicidade de ganhar os abraços. Um dos principais colaboradores há vários anos do GDia, o Ag é pau para toda obra. Especialmente para o setor esportivo do jornal, ele está sempre disposto a colaborar. Aqui os nossos parabéns e que Deus continue o abençoando!

Torneio de tênis
Começou nessa quinta-feira e segue até o próximo domingo em Foz o torneio de duplas de tênis com disputas de segunda a quinta classes no masculino, além de competições para times mistos. Informações pelo fone (45) 99806-6596. Todos os inscritos receberão camisas alusivas ao evento, que acontecerá nas quadras da AABB.

 

Frase bíblica:
''Quem age com bondade faz bem a si mesmo e quem pratica a maldade acaba se prejudicando''
*Provérbios 11:17

 

 

*Provérbios 11:17

Xadrez nos Jojups

Nos Jogos da Juventude do Paraná (Jojups) em Londrina, nesta semana, no xadrez rápido, participaram 64 atletas, representando os municípios de Ponta Grossa, Campo Mourão, Curitiba, Paranavaí, Piraí do Sul, São José dos Pinhais, Siqueira Campos, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, além da cidade-sede. Os iguaçuenses ficaram posicionados da seguinte maneira: Erick Cristiano Winck Müller, em 4º lugar. Em outro tabuleiro, 6º lugar para Fernando Ruiz de Araújo. Em 4º, Adilson Cury Neto. Em novo tabuleiro, 6º lugar para Werisson Gonçalves Nogueira. Nos próximos jogos, Foz deverá ter melhores resultados.

Meninas do futsal
O futsal é outra modalidade que está sendo disputada na final da 32ª edição dos Jogos da Juventude do Paraná, Divisão A, em Londrina. Oito partidas foram realizadas pela primeira rodada. Ao todo, dez equipes femininas, divididas em três grupos, e 12 equipes masculinas, divididas em quatro grupos, participam da competição em busca do título estadual. Atual campeã do feminino, a equipe de Foz do Iguaçu estreou com o pé direito ao vencer as meninas de Telêmaco Borba por 3 a 2. 

Badminton de Foz
No badminton Foz foi bem nos Jogos da Juventude. Na classificação geral no feminino, Foz do Iguaçu, com 24,5 pontos, assegurou o 4º lugar. No masculino, com 20,5 pontos, Foz também terminou a disputa na 4ª colocação. Na final individual feminino, 6º lugar para Ariele Cavalheiro, de Foz do Iguaçu, com 7 pontos, e 12º lugar para Pamela Sousa Beluque, com 1 ponto. Na classificação individual no masculino, 9ª posição para Pablo Cuchani Hamasaki, com 4 pontos. Na disputa em duplas, 4º lugar para Ariele Cavalheiro e Pamela Sousa Beluque, de Foz do Iguaçu, com 9 pontos; e no masculino, Diego Rios Aguilera e Pablo Cuchani Hamasaki somaram 9 pontos e ficaram na 4ª posição. 

Badminton de Foz (2)
Ainda no badminton, na disputa em duplas mistas, Foz também apareceu com os seus atletas. Diego Rios Aguilera e Ariele Cavalheiro somaram 8 pontos. Pablo Cuchani Hamasaki e Pamela Sousa Beluque ficaram com 7 pontos. Técnicos e dirigentes iguaçuenses comemoram os bons resultados. A cidade é caçula na modalidade e já começa a colocar os seus representantes em posições de destaque.

Medalhas no caratê
Os atletas de Foz do Iguaçu marcaram boa presença nos jogos em Londrina no caratê. Marcos Kraemer, Mauricio Henrique Silva e Felipe Alexandre Bender trouxeram medalha de bronze. Do extremo oeste, a melhor equipe foi a de São Miguel do Iguaçu. Lá brilharam os são-miguelenses Pedro Angelo Tramontini e Deyvid Luan Macagnan.

Judô em alta
Depois de muitos shidos, wazaris e ippons, a classificação por equipes no judô dos Jojups ficou assim: no feminino, a equipe de Curitiba levou o ouro, com 105 pontos; a prata foi para a cidade de Sarandi, com 73 pontos; e o bronze, para Maringá, que somou 63 pontos. No masculino, com 117, a equipe de Curitiba ficou com o título por equipes; em segundo, com 78 pontos, Maringá; e em terceiro lugar, com 74, a equipe da cidade de Foz do Iguaçu. Judô de Foz continua em alta. 

 

Frase bíblica:
''Mas o fruto do Espírito é: amor, 
alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade e fidelidade''

*Gálatas 5:22

Brigões em campo

Por meio da rede social que acompanha o futebol de Foz, ficamos sabendo de algo terrível ocorrido no final de semana. Pelo menos dois atletas agrediram árbitros dentro de campo. Lamentamos que entre veteranos ainda existam pessoas que não deveriam estar nem por perto dos campos. Errar é humano, mas não sei se esse foi o motivo dos quiproquós, no entanto o diálogo é o melhor que se pode fazer. Todos são veteranos e a maioria precisa trabalhar a partir da segunda-feira. Esses brigões devem ser eliminados dos campeonatos. (Foto: Kleber Madeira/advogado)

Fenômeno intrínseco
Violência no futebol não é um fenômeno intrínseco ao esporte, muito embora não sejam raros os exemplos de manifestações violentas em partidas nos campeonatos ao redor do globo. O próprio Ministério da Justiça defende a criação de uma lei específica para crimes de futebol e uma delegacia especializada só para tratar esses casos. Isso vale para o profissional até o futebol de várzea; todos devem ser respeitados.

Problema deve ser atacado
Em 2017, por exemplo, foram registrados 104 episódios violentos relacionados ao futebol brasileiro, que resultaram em 11 mortes de torcedores. Os dados são fruto de um levantamento anual realizado pela Pesquisa de Mestrado da Universo, coordenada por Mauricio Murad, professor e doutor em sociologia do esporte, que estuda o comportamento de atletas, dirigentes, árbitros e torcedores. Enquanto não atacarmos as causas do problema, buscando solução para a violência, seguiremos com um sistema de repressão que mal consegue combater as consequências, isso em todos os níveis. O melhor é mostrar educação e respeito do que praticar agressões. 

Similar aos coliseus
O futebol é o esporte mais praticado no planeta. Sabe-se do carinho e admiração de muitos brasileiros por essa modalidade esportiva. Contudo, atualmente, frequentar os estádios e campos de futebol é algo para corajosos em certas ocasiões. Antes de tudo, é importante pontuar o impacto que o descaso educacional pode ocasionar na formação cidadã do indivíduo. Isso porque quando se analisa o comportamento de muitos "torcedores" e "jogadores" percebe-se um cenário similar ao de coliseus romanos da antiguidade, em que a violência ocupava um lugar central no espetáculo. A imagem esportiva é manchada pelas agressões físicas e psicológicas difundidas pela ação dos nervosos. Logo, cabe uma atenção especial ao sistema educacional no país, pois a escola, junto com a família, é a principal responsável pela formação ética do indivíduo.

 

Frase bíblica:
''O bom entendimento favorece, mas o caminho dos prevaricadores é áspero''
*Provérbios 13:15

Trabalho da ONG

Já foi criado o grupo de alto rendimento do projeto da ONG Meninos das Cataratas. Coordenado pelo professor Jair Rojas da Silva, já conta com mais de cem alunos. Os meninos integrantes do projeto, que residem no Jardim Jupira, necessitam de apoio para continuar treinando. O garoto Kauã, por exemplo, está necessitando de uma chuteira. Kauã Thiago de Oliveira calça chuteira número 37. O garoto Carlos Alexandre também busca patrocinador para treinar. Ele diz que seu sonho é ser jogador de futebol e crê que Jesus vai lhe dar esta vitória, por isso quando vai à igreja sempre pede as graças para realizar o seu sonho. 

Convivência comunitária
A ONG Meninos das Cataratas foi fundada em dezembro de 2012 e viabiliza cursos e treinamentos em diversas áreas: violão, circo, informática, artesanato, corte e costura, além das práticas esportivas. O objetivo é desenvolver a convivência comunitária por meio de oficinas culturais e esportivas, promovendo com isso o acesso a materiais que contribuem na prevenção e enfrentamento de situações de risco. A meta é integrar 500 participantes ao projeto de futebol de campo, com idades entre 10 e 17 anos, sem cobrança de mensalidade. Para isso, serão necessários dez campinhos de futebol espalhados por Foz do Iguaçu e uma equipe multidisciplinar de apoio. O treinamento no Jupira ocorre no campinho do bairro, localizado na Rua Raul Pompeia, 380.

Recriando o Futebol
O projeto Recriando o Foz Futebol, além de atender garotos do Jupira, na região da Ponte da Amizade, mantém atividades no Campos do Iguaçu e Portal da Foz. Os campinhos foram escolhidos pela proximidade com as casas de crianças e adolescentes de bairros menos favorecidos socialmente, facilitando o acesso no período em que não estão na escola. Recentemente o projeto ganhou 15 bolas novas, doação feita por uma equipe dos representantes da rede hoteleira iguaçuense Viale. A instituição integra a Rede Proteger, o Conselho Municipal de Políticas Culturais e o Conselho Municipal de Esportes e Lazer.

História comovente
O projeto da Organização Meninos das Cataratas já se tornou uma história comovente que dia a dia luta para ajudar as famílias da periferia. Os atletas também são voluntários do projeto de recreação na praça para crianças carentes de todas as idades. O trabalho do futebol foi criado por meio da Lei nº 19.930, que concedeu título de utilidade pelo deputado Soldado Fruet e sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior recentemente. O projeto da ONG está instalado na Rua José Carlos Pace, 530, Morumbi ll, no antigo ginásio do Sesi. Mais informações pelo telefone (45) 99988-8918.

 

Frase bíblica:
''O fruto da retidão é árvore de vida, e aquele que conquista almas é sábio''

*Provérbios 11:30

Torneio de Tênis


Acontecerá em Foz, no período de 26 a 29 de setembro, o torneio de duplas de tênis com disputas de segunda a quinta classes no masculino, além de competições para times mistos. Inscrições até o próximo dia 23, pelo fone (45) 99806-6596. Todos os inscritos receberão camisas alusivas ao evento, que acontecerá nas quadras da AABB. 

"O mijo do gato"

O presidente do Libra, Amarildo Pierezan (foto), pelo jeito não gosta muito de gatos. Ele escreveu em seu Whats que está tentando salvar a grama do campo dessa agremiação, no entanto entende que a mangueira utilizada para regar o gramado mais parece com "mijo de gato". Ele foi aconselhado a buscar ajuda da Associação de Futebol de Veteranos, da Secretaria de Esporte ou do Corpo de Bombeiros. Com a falta de chuva, são muitos gramados sofrendo nos campos da região. 

"Doença do gato"
Ficar doente já não é bom, mas estar doente sem saber é pior ainda. Existem doenças assintomáticas, isto é, que em geral não apresentam sintomas e passam despercebidas por um certo tempo. Uma dessas moléstias é a toxoplasmose, popularmente conhecida como "doença de gato", que pode ser causada pela urina dos felinos. Esse nome popular passa duas ideias equivocadas. Primeiro porque o gato não contrai essa doença. Em segundo lugar, embora esta seja a forma mais comum, esses animais não são os únicos a transmitir o protozoário Toxoplasma gondii, que causa a toxoplasmose. Todos os mamíferos e aves podem fazer isso.

Novo endereço
Desde o último domingo, 15, a Liga Iguaçuense de Futebol está em nova sede. A entidade mudou para a Avenida República Argentina, 3.275, bem perto do Ítalo Supermercados. O presidente Sérgio de Melo Matias e seus colaboradores seguem trabalhando na organização dos seus certames. No momento a LIF está promovendo o Campeonato Amador da 1ª Divisão. Melo Matias cumpre o seu primeiro ano de mandato e promete fortalecer o "esporte-rei". Sorte ao Serjão. 

Bolão na final
O bolão masculino iguaçuense se prepara para novos desafios. No final de setembro irá para a disputa dos Jogos Abertos em Toledo. Também aguarda a definição das datas para a final do Paranaense, que acontecerá em Francisco Beltrão. Na fase Regional Oeste, a equipe de Foz ficou em primeiro lugar. O time é comandado pelo técnico e atleta Cláudio e conta com os bolonistas Serginho, Carlão, Preto, Eliseu, Nene, Zé, Omar, Ari, Lélio, Caixa, Edson, Marcos, Eduardo, Acácio, Bira, André, Alderi e Gabriel.

Frase bíblica:
Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
*Mateus 6:26

 

Foz FC em campo

O Foz do Iguaçu FC entra em campo neste sábado (14), pela terceira rodada da Taça FPF; o adversário será o São José, campeão do primeiro turno. A partida está programada para as 15 horas no ABC. O técnico Reginaldo Vital (foto) vai em busca da sua primeira vitória na competição e que pode colocar o Azulão da Fronteira na briga pelo título do segundo turno. Torcedores que forem vestidos com a camisa do Foz — exclusiva da temporada 2019 — pagarão apenas R$ 5 pelo ingresso.

Torcedores convocados
Será importante o apoio dos torcedores no ABC, afinal o time busca uma vaga para disputar o Brasileirão da Série D do ano que vem. Os valores para os demais torcedores serão de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Os ingressos podem ser adquiridos nos Estacionamentos Bismillah na Vila Portes e em vários outros pontos de venda na cidade, que estarão identificados. Mulheres, crianças e idosos têm entrada gratuita. Este jogo pode definir o destino do Azulão na competição. 

ABC e Carlinhos
Os associados e a direção do ABC de Foz estão tendo uma semana do aniversário de 104 anos do clube que engrandece o setor esportivo da cidade. Reuniões e comemorações não faltam. Também nesta semana está sendo comemorada a participação durante 70 anos do senhor Carlinhos Samways, um dos ilustres ex-presidentes e sócio remido do ABC. Todos devem orgulhar-se do clube, que está entre os mais antigos e bem organizados em nível estadual.

Flamengo e São Francisco
Setembro é um mês especial em termos de comemorações de clubes da cidade. O Flamengo Esporte Clube, o glorioso, também completa aniversário. O clube é presidido atualmente pelo desportista Djalma Pastorello (foto) e conta com muitos abnegados em sua diretoria. Também comemora novo níver o Esporte Clube São Francisco. Este clube da grande região do Morumbi é tradicional e sempre marcou presença de maneira positiva no futebol da cidade. Aldair Fagundes, que presidiu o São Francisco por muitos anos, até já foi homenageado. O campo do bairro leva o nome de Fagundes. 

 

Frase bíblica:
Tu és justo, Senhor, e são justas todas as suas obras. Todos os seus caminhos são misericórdia e verdade, e tu julgas o mundo
*Tobias 3: 2

Bom de Bola

A partir desta quinta-feira, 12, Santa Terezinha de Itaipu recebe a fase regional dos Jogos Escolares do Paraná Bom de Bola 2019.  A abertura oficial do evento será realizada, às 20h, no Estádio Municipal Edvar Sávio, bairro Parque dos Estados. Às 19h, a equipe do Colégio Dom Manoel Könner enfrentará a equipe do Colégio Jucelino Kubistchek Oliveira, de Foz do Iguaçu.

Mais de 600 pessoas
O município sediará os jogos de 12 a 15 de setembro (foto) e contará com a participação de equipes representando Santa Terezinha de Itaipu, Foz do Iguaçu, Itaipulândia, Matelândia, Missal, São Miguel do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu, Ramilândia e Medianeira. Serão 23 equipes e mais de 600 pessoas envolvidas diretamente na competição, entre atletas e dirigentes. As delegações permanecerão alojadas nos colégios estaduais durante os dias de evento. (Foto: Lucas Matos/JEPs)

 

Abertura oficial
Santa Terezinha de Itaipu será representada pelas equipes dos colégios estaduais Carlos Zewe Coimbra e Dom Manoel Könner. Na primeira disputa, a equipe do Colégio Dom Manoel Könner enfrentará a equipe do Colégio Jucelino Kubistchek Oliveira, de Foz do Iguaçu, às 19h. Às 20h, acontecerá a cerimônia oficial com desfile das equipes e, em seguida, o segundo jogo, no qual a equipe do Colégio Carlos Zewe Coimbra vai encarar a equipe do Colégio Mondrone, de Medianeira. Os times femininos (foto) prometem muito nos jogos. 

Apoio e jogos
Os jogos Bom de Bola (fase regional) são realizados pela Secretaria de Estado da Educação e, nesta fase, contam com o apoio da Prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, bem como dos colégios estaduais. O Bom de Bola só é disputado na modalidade de futebol, nas classes A e B, nos naipes masculino e feminino. Todos os jogos serão realizados no Estádio Municipal Edvar Sávio.

 

Frase bíblica:
''Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá''

*João 11:25

Solenidade

Começa às 9 horas a solenidade para homenagear o professor de Educação Física. Evento será na Câmara de Vereadores. A professora Regina Salete dos Santos emprestará o nome para o troféu que será entregue, contando com a batuta do presidente a FIEP, professor Almir Gruhn. É bom lembrar o papel do professor de Educação Física no ensino médio: preparar o aluno para que saiba cuidar do corpo; ensinar a importância das práticas esportivas; estimular o aluno a realizar prática esportiva, tendo em vista sua qualidade de vida; ser orientador e estimulador à prática de exercício...

Aula mais esperada
A Educação Física é a aula mais esperada da semana. É também uma das matérias que mais apresentam aspecto preventivo, sobretudo em relação à saúde e bem-estar. No entanto, a Educação Física muitas vezes é mal empregada nas escolas brasileiras, principalmente a respeito do ensino tático e teórico.

Contribuição
A Educação Física veio para somar e contribuir com a educação intelectual e moral nas escolas. Uma das responsabilidades dessa disciplina é instruir e instigar o aluno a opinar e se posicionar criticamente em relação às atuais linhas de cultura corporal de movimento.

Atividades corporais
A Educação Física tem como objetivo geral despertar nos alunos o interesse em envolver-se com as atividades e exercícios corporais, criando convivências harmoniosas e construtivas com outros cidadãos, sendo capazes de reconhecer e respeitar as características físicas e o desempenho de si próprio e de outros indivíduos, não segregando nem depreciando outras pessoas por qualidades e peculiaridades como aspectos físicos, sexuais e/ou sociais.

Estimulando a sociedade
O ideal é estimular a criança conforme a fase de desenvolvimento em que ela se encontra. Por exemplo a fase do engatinhar, que muitos pais acham benéfico pular, deve ser estimulada para que o bebê engatinhe, arraste-se e tente levantar. Quanto maior o estímulo de movimentos, melhor o desenvolvimento do repertório motor.

 

Frase bíblica
Sejam fortes e corajosos. Não 
tenham medo nem fiquem apavorados por causa delas, pois o Senhor, o seu Deus, vai com vocês; nunca os deixará, nunca os abandonará
Deuteronômio 31:6

Craque do feminino


Integrante da Seleção Paraguaia de Futebol Feminino, a médio-volante Rosa Miño é uma das principais atletas do Foz Cataratas. Ela se prepara para defender a equipe iguaçuense no Campeonato Paranaense. O certame começará no dia 7 de setembro. Rosa fica na equipe até o final do ano. A atleta tem 20 anos de idade e estará presente no Pedro Basso, no jogo contra Londrina, na abertura do campeonato. 

Grupo único
O campeonato será disputado por quatro equipes, composto por grupo único, no qual os clubes vão enfrentar-se em turno e returno. Será considerado campeão o clube que, ao final da última rodada do returno, obtiver o maior número de pontos. Caso ocorra igualdade de pontos entre duas ou mais equipes, serão utilizados os critérios de desempate. Além de Foz Cataratas e Londrina, competirão o Imperial, de Curitiba, e o Toledo.

Para o Brasileiro
O clube mais bem colocado na classificação geral do certame será contemplado com a indicação da FPF para disputar o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A2, conforme critérios e regulamentação da CBF e da FPF. Na hipótese de o clube mais bem colocado na classificação geral já possuir vaga no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A1, a vaga do A2 será destinada ao clube com melhor colocação na classificação geral subsequente. 

 

Time campeão
O Cataratas não teve boa participação no Campeonato Brasileiro A1 e acabou sendo rebaixado para o A2. A equipe do preparador físico Brito Dorneles (foto) quer dar a volta por cima e para isso vai contar com os seus fanáticos torcedores. Aqui fica a nossa torcida para as meninas. O time detém cinco títulos estaduais. Desde que começou a disputar o Paranaense, a equipe de Foz não deu nenhuma chance às adversárias. O pensamento é continuar com a hegemonia, e o Foz tem elenco para isso. 

 

Frase bíblica:
''Peça-a, porém, com fé, não duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento e lançada de uma para outra parte''
*Tiago 1:6

Circuito Cataratas

Foz sediará, nos dias 14 e 15 de setembro, o Circuito Cataratas de Vôlei de Praia. Secretaria de Esporte e empresas SAFF, do amigo Tchuka, e Sapé Calçados, entre outras, apoiam o evento, que terá dezenas de atletas, conforme os organizadores, entre eles o professor Alekssandro Fogagnoli, representante da entidade que administra a modalidade no país.

Homenagem à professora Regina
A renomada educadora Regina Salete dos Santos (foto) será a grande homenageada neste ano como destaque maior entre os professores de educação física. Ela receberá o troféu, no próximo dia 2 de setembro, em solenidade na Câmara de Vereadores. O evento é da Casa da Educação Física e Federação Internacional, presidida pelo professor/doutor Almir Gruhn. Os demais homenageados receberão o seu troféu que leva o nome de Regina, atleta e técnica de handebol e exímia conhecedora do esporte de uma maneira geral.

Vanessa na SMEL
A professora Vanessa, que é esposa do técnico de basquete Cláudio Lisboa, está somando de maneira positiva na equipe da Secretaria de Esporte de Foz do Iguaçu. Ela auxilia o trabalho do diretor técnico, professor Roberto "Magrão", que também já demonstrou toda a qualidade. Vanessa tem várias formações nos setores de esporte e educação e merece a contratação. Boa sorte a ela. 

Itaipu volta a ser parceira
A Liga Iguaçuense de Futebol de Salão acabou de renovar o contrato com a Itaipu Binacional. A empresa entendeu que o trabalho, especialmente o social, merece ser respaldado. Nos últimos dez anos, a LIFS contou com 40 mil atletas com idade de 4 a 60 anos de idade no masculino e feminino. Serão repassados anualmente R$ 40 mil para a entidade do futsal, valor a ser utilizado na compra da premiação aos destaques, entre outros compromissos da liga. É bom lembrar que a entidade do futsal já revelou vários grandes atletas, entre eles: Marcelinho "Rei do Morumbi", Neto Veiga, Midi, Henrique Rafagnin, Zico (foto), Pepê, Tontini, Wellington Coco, Léo Bartolo e outros. 

 

Frase bíblica:

'Fica longe das discussões e 
evitarás o pecado, porque o homem colérico atiça a discussão'

Romanos 3:20