Um esqueleto que envergonha o Brasil

Possibilidade de despejo preocupa os ocupantes do antigo Lembrasul
9 de julho de 2018
Tentativas de homicídio mobilizam socorristas e policiais em Foz
9 de julho de 2018

Um esqueleto que envergonha o Brasil

Criada em 2010 pelo ex-presidente Lula, a primeira etapa da obra do campus da Unila teve início em junho de 2011. O Consórcio Mendes Júnior-Schahin venceu a licitação para executar o projeto, que incluía edifício central, blocos de salas de aula, restaurante universitário e galerias de utilidades.
O total do contrato de construção da primeira etapa era de R$ 264 milhões. Durante a execução, o consórcio alegou um desequilíbrio econômico-
-financeiro. Esse pleito foi negado pela universidade, que analisou e não encontrou consistência nos argumentos apresentados.
Em 18 de junho 2014, o consórcio enviou um comunicado à universidade informando, de forma unilateral, a “impossibilidade de continuidade das obras nas condições vigentes”. A completa desmobilização e entrega do canteiro à Unila ocorreu apenas em 5 de janeiro de 2015, com 41% de execução da primeira etapa. Esse montante representa aproximadamente R$ 108 milhões. (Adelino de Souza Freelancer / Foto: Divulgação)

Share

GDIA