Trump e Kim Jong-un dão início a uma “relação muito especial”

11ª Meia Maratona das Cataratas celebra os 104 anos de Foz em meio a natureza
13 de junho de 2018
O amor está no ar…
13 de junho de 2018

Trump e Kim Jong-un dão início a uma “relação muito especial”

Triunfante ao lado de Kim Jong-un em sua túnica Mao Tsé-Tung, o presidente Donald Trump anunciou uma nova era para as Coreias e o mundo. Olhando a quem tratava por fogueteiro, e que o chamava de caquético, ele também disse que o encontro permitiu o início de uma relação muito especial entre os dois. Um acordo de princípio foi assinado, com a meta de tornar a península coreana totalmente desnuclearizada e garantir a segurança da Coreia do Norte. Os Estados Unidos deverão acabar com os exercícios militares provocativos com a Coreia do Sul, agora considerados uma boa economia. O prisioneiro americano Otto Warmbier, libertado em coma em Pyongyang, e morto após chegar aos Estados Unidos, foi lembrado: “Ele não morreu em vão”. A lembrança foi feita para indicar que no encontro também se falou de direitos humanos. Trump se dizia orgulhoso do que acabava de conseguir e que nenhum presidente americano jamais havia conseguido. (Moisés Rabinovici/Agência Brasil/foto: Shealah Craighead)

Share

GDIA