Sem Inês

Opinião
10 de fevereiro de 2018
Na Geral
10 de fevereiro de 2018

Sem Inês

A Câmara derrubou o que seria a “oitiva” da secretária de Saúde, o que demonstra uma sintonia entre o governo e o Legislativo. Ou os vereadores optaram por não atormentar a vida de uma futura colega. Se Inês não passar pelo facão administrativo, possivelmente retornará para as atividades na Casa de Leis. Se bem que exerceu o mandato minutos apenas, até ser ungida prefeita provisória.

Desconfiança
Palavras do vereador Celino Fertrin: “Quero, antes de mais nada, parabenizar o jornal Gazeta Diário, porque no dia 7/2/18 antecipou o destino de nosso requerimento, publicando que havia nos bastidores da Casa orientação da base governista para barrar o pedido para que a secretária da Saúde, Inês, viesse até a Câmara esclarecer as dúvidas e denúncias. Pois bem, para a nossa surpresa e indignação, o que não entendemos até agora é por que o requerimento proposto por mim e mais oito vereadores, portanto nove que assinaram (maioria), acabou sendo derrotado.”

Celino explica:
“O vereador que é o líder do governo pediu que votassem contra ao requerimento porque não havia necessidade da secretária vir à Câmara, e assim os vereadores da base seguiram a orientação, e alguns que haviam assinado o requerimento também votando contra.”
O Corvo emenda: prezado vereador, a política é essa arte do improvável. O jornal adiantou a manobra, como o senhor reconheceu, mas muita gente pelo visto não acreditou no poder de persuasão governista. Taí o resultado: sete votaram contra e seis a favor. Quais seriam os dois colegas que roeram a corda, ou mudaram de ideia?

Estreia
E Celino ainda lamentou o fato de isso acontecer nas primeiras sessões ordinárias do ano, o que de certa forma causou preocupações, sobretudo quando o prefeito pediu ao Legislativo para que fosse mais duro, rígido, implacável e atuante na fiscalização de “todos os atos executivos”.

Silêncio
E quais seriam as preocupações do governo em deixar Inês explicar-se espontaneamente, como sugeria o requerimento derrotado? Perderam foi uma ótima oportunidade de deixá-la matar a cobra e mostrar o pau. O problema é o medão de ela abrir a boca e falar besteira, complicando-se ainda mais. Isso é uma verdade nua e crua. “Inês foi feita para trabalhar, e não falar”, revelou uma fonte palaciana a este escriba curioso.

Torcida
Apesar das encrencas em torno de seu nome e das costumeiras críticas, a secretária Inês Weizemann tem lá uma boa quantidade de simpatizantes. Segundo uma informação bem fundamentada a este Corvo, Inês realiza um trabalho bem consistente de salvação do Hospital Municipal por meio de parcerias importantes. Um fator assim seria suficiente para mantê-la no cargo. Se a secretária abrisse um pouco mais as suas ações para a opinião pública, e mantivesse uma relação mais ponderada com os veículos de comunicação, pode ser que a sua imagem fosse outra.

Reforma
O Corvo recebeu uma dica sobre a provável substituição de três secretários da atual administração e sete diretores, de várias áreas. Mas como a intenção é não estragar o carnaval de algumas pessoas, resolvemos deixar a especulação para a semana que vem.

Poucas mudanças
Uma fonte adiantou ao Corvo que Chico mexerá sim no primeiro escalão, mas as mudanças não serão muito agravantes. Ele quer melhores resultados, mas isso não impede que os atuais subordinados mereçam uma segunda chance. Quem pensa ou acredita que haverá muitas mudanças se engana. E no mais, contaram para o Corvo que, quando o prefeito anunciou a reforma, houve muita trairagem de pessoas em busca de cargos por meio de partidos. Imagina o furdunço!

Reincidente
Cagada de urubu é coisa difícil de limpar. Dr. Brito foi alvo de uma ave com grande envergadura. O pior é que, quando o urubu larga os dejetos, aparecem coisas do passado, como foi o caso de uma prisão do médico. Sim, Dr. Brito já possui alguma experiência em amaciar a laje de concreto, infelizmente.

Futuro incerto
O ex-vereador Paulo Rocha foi condenado, mas inicia a pena em liberdade. Se não se cuidar, pode complicar-se. Mas o caso é um pouco mais duro. Há outro processo em vias de condenação e, dependendo, a liberdade corre um sério risco de se acabar.

Outras
Contaram para este Corvo que há uma séria possibilidade de chover condenações após o carnaval. Enquanto muita gente está cheia de esperanças devido a alguns resultados recentes, o que vem é paulada na moleira. A vida é assim: em uns dias chove, em outros faz sol.

Rotonda
Corvo, passei pela Avenida das Cataratas e notei que fizeram um traçado na rua redondo, do tamanho da rotatória que estão construindo lá. Quer dizer que não vai haver a pista do meio, seu Corvo? Todo mundo vai precisar contornar? Bonito seria se fizessem um belo jardim no meio, com uma fonte de água, assim serviria como um portal para quem chega à nossa cidade.
Nathalia M. Valadares

O Corvo responde: verdade, pelo desenho tudo indica que o contorno será obrigatório. O Corvo não olhou a largura da pista, mas devemos considerar um probleminha: os caminhões ainda passam por lá, o que pode dificultar um pouco a manobra, porém a ideia da fonte, no estilo de um portal de entrada, é muito boa. Devemos lembrar que a obra é realizada pelo shopping, e não pela prefeitura. Vai que resolvem investir no portal!

Informação
Corvo, afinal o Carnaval da Saudade vai existir, ou vai mudar de endereço este ano? E a Canja do Galo Inácio, onde será realizada? Com tudo assim em cima da hora, estamos cheios de dúvidas quanto à programação.
Vilma Ruiz

O Corvo responde: prezada, há uma extensa programação demonstrada em cartazes, jornais, rádios e TVs. O Carnaval da Saudade acontecerá no mesmo local de sempre, ou seja, na esquina entre as ruas Marechal Deodoro e Quintino Bocaiuva. Aliás, é lá onde servirão a Canja do Galo Inácio na noite de terça-feira. Neste ano haverá carnaval no CTG Charrua, Teatro Barracão e em vários outros locais. A Canja do Galo Inácio reverte a renda para Aldeias Infantis SOS Brasil.

Corvo na avenida
Prezada ave negra comedora de carniça e bebedora de sangue de animais atropelados, é verdade que sairá como atração do carnaval de Foz? Quero saber, pois se isso acontecer quero enfim conhecê-lo, saber quem de fato é. Diga quando aparecerá que estarei lá!
Raphael V. R. Brisola

O Corvo responde: prezado leitor, primeiramente obrigado pela devoção e leitura, mas temo informar que a notícia não é verdadeira. Este Corvo, embora carnavalesco décadas atrás, hoje curte a festa no ar-condicionado, assistindo televisão e descansando porque, afinal, o ano começa na quarta-feira que vem. Mas se quiser conhecer os corvos da redação, basta aparecer por lá. Um abraço!

Folga
Como a cidade vai praticamente parar na segunda-feira de carnaval, o departamento de circulação orientou pela não impressão do jornal, a exemplo de anos anteriores. O povo levanta tarde da folia, e o desperdício de papel é enorme. Sendo assim, o Gazeta Diário volta a circular na quarta-feira. Um bom carnaval a todos! Lembrete: bastante líquido, suco, água, e cuidado com o consumo de bebida alcoólica. Disseram para o Corvo que haverá blitze da PM e GM pela cidade.

 

Share

GDIA