Beto Richa deixará o governo dia 6 e confirma disputa ao Senado

Conquistas de governos petistas são destacadas por Lula em Foz do Iguaçu
27 de março de 2018
Preços dos ovos de Páscoa variam em até 86% nos supermercados
27 de março de 2018

Beto Richa deixará o governo dia 6 e confirma disputa ao Senado

Mesmo sem conseguir a união de seu grupo político em torno de uma candidatura única ao Governo do Estado, Beto Richa anunciou na manhã desta segunda-feira (26) a sua desincompatibilização do cargo para disputar uma vaga no Senado da República. Richa deixa o governo no dia 6 de abril. O governador anunciou sua decisão durante reunião administrativa com secretários e gestores de empresas, autarquias e outros órgãos do Estado, no Palácio Iguaçu. A vice-governadora Cida Borghetti assume o Poder Executivo a partir do dia 07 de abril. Até o último momento Richa esperava conseguir a união de Ratinho Junior (PSD) com Cida Borghetti (PP) para que apenas um deles disputasse a sucessão. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, marido de Cida, bateu o pé e disse que o PP não abrirá mão da candidatura de sua esposa. A permanecer esse quadro, Ricardo Barros dará as cartas no Governo do Estado durante o resto de 2018. Serão quase nove meses de governo com “caneta cheia”, uma vez que o estado está realizando uma série de obras e conseguiu equilibrar as finanças depois das “medidas amargadas” tomadas há três nos. (Adelino de Souza Freelancer/ Foto: Orlando Kissner / ANPr)

Share

GDIA