PTI capacitará 120 professores de Foz em método de ensino investigativo

Justiça condena dois dos quatro réus envolvidos na morte de Lourdes Aleixo
7 de abril de 2018
Aprovadas emendas que regulamenta fracionamento das férias do Funcionalismo público
7 de abril de 2018

PTI capacitará 120 professores de Foz em método de ensino investigativo

Cento e vinte professores da rede municipal serão capacitados pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI) para que despertem nos alunos, desde os primeiros anos de escola, o interesse pelas ciências. A intenção é contribuir com a prática pedagógica, para que os profissionais levem às salas de aula atividades investigativas, lúdicas e promovam uma maior participação dos alunos. O curso “Desafios e possibilidades através da abordagem metodológica do ensino por investigação” é organizado pela Estação Ciências do PTI. Serão formadas três turmas, que participarão de seis encontros presenciais e depois terão um acompanhamento por Ensino a Distância (EaD) para a aplicação do conhecimento nas escolas. A capacitação é gratuita e voltada a professores de Ciências Humanas e da Natureza do 1º ao 5º ano da Educação Básica. As aulas das duas turmas de quarta-feira, nos períodos manhã e tarde, começam na próxima quarta-feira (11). Na sexta-feira (13), têm início as aulas dos professores regentes. As inscrições podem ser feitas no link https://ead.pti.org.br/ntm/mod/page/view.php?id=5243 No total, a formação tem 46 horas, sendo 28 horas presenciais e 18 horas online. De acordo com Raquel Rodrigues Nunes da Silva, uma das docentes do curso, serão abordadas as características do método investigativo, do conceito à aplicabilidade, de forma interdisciplinar. “Vamos trabalhar com atividades práticas e interdisciplinares. Faremos também uma atividade prática no Ecomuseu, que é para os professores olharem o local de uma forma pedagógica. Dali, é possível tirar umas aulas bem legais, de maior interesse para os alunos,” explica. (Da assessoria /Fotografia: Divulgação)

Share

GDIA