PP forma grande aliança e confirma candidatura de Cida Borghetti

Vereadora de Foz do Iguaçu afirma que ex-assessor nunca foi seu sogro
6 de agosto de 2018
Debates sobre lojas francas devem ser concluídos nesta semana em Foz
6 de agosto de 2018

PP forma grande aliança e confirma candidatura de Cida Borghetti

“Minha expectativa é de vitória. Construímos a maior aliança possível e que vai dar a oportunidade de caminharmos juntos firmes e fortes, cada vez mais poder ter orgulho de fazer um Paraná exemplo para todo o Brasil”, disse Cida Borghetti ao ter seu nome homologado na Convenção de seu partido, o PP.

A convenção foi no sábado (4) em clima de festa. A chapa é formada também pelo PSB, PTB, DEM, PROS, PMN, PSBD e PMB.

Para a governadora, o apoio é resultado da gestão com “rapidez, agilidade e transparência”. “Temos o gabinete de portas abertas, uma gestão eficiente para atender a todos e todas as 399 cidades”.

Cida Borghetti tem 53 anos e foi eleita vice-governadora em 2014, ao lado de Beto Richa (PSDB). Ela assumiu o Palácio Iguaçu em abril deste com a renúncia de Beto Richa (PSDB) para concorrer a uma vaga no Senado.

O Progressista também oficializou o apoio à candidatura de Beto Richa (PSDB) e de Alex Canziani (PTB) para o Senado.

Cida Borghetti é empresária, formada em Administração Pública, com especialização em Políticas Públicas. Ela exerceu dois mandatos como deputada estadual, entre 2003 e 2010, e um mandato como deputada federal, entre 2011 e 2014.

 

 

 

 

Nelton substitui Osmar e PDT vai de chapa pura

Após a desistência e Osmar Dias, o PDT encontrou uma solução caseira para disputar a eleição no Paraná. O presidente nacional do partido, Carlos Lupi insistiu em garantir um palanque para Ciro Gomes no Paraná e lançou oficialmente o nome de Nelton Friedrich como candidato a governador.

“Nós precisamos garantir palanque para a candidatura nacional de Ciro Gomes, que vem desbravando a bandeira do trabalhismo com coragem, ousadia e preparo”, afirmou Lupi. “Estamos conversando com alguns partidos que têm projetos parecidos com o nosso e que podem aderir a esse processo”, disse o pedetista.

Nelton Friedrich mora em Foz do Iguaçu e já ocupou diversos cargos político. Foi secretário do ex-governador José Richa, deputado Constituinte e diretor de Coordenação da Itaipu Binacional, onde desenvolveu um grande trabalho socioambiental.

Durante o discurso de abertura, Lupi comentou a decisão de Osmar Dias em desistir da candidatura ao governo paranaense. “Lamentamos essa decisão do senador Osmar. Infelizmente, para a nossa surpresa, para a nossa profunda tristeza, questões familiares levaram ele a tomar esta decisão. Respeitamos a decisão porque ninguém pode ser candidato obrigado”, afirmou.

“Nelton Friedrich é um companheiro que conheço há muitos anos, tem muito preparo e conhece profundamente o Paraná”, disse Lupi. O PDT decidiu também que irá de chapa pura nas eleições proporcionais. Gustavo Fruet encabeça a chapa.

Friedrich era um dos coordenadores da campanha de Osmar e candidato a deputado federal. “Eu estava propenso a disputar mandato porque estou indignado com o que está acontecendo no Paraná. Não posso ficar de braços cruzados e omisso e aceito essa missão delegada pelos nossos companheiros”, disse Nelton.

 

 

 

Darci Piana será o vice de Ratinho Júnior

O presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná, Darci Piana será o candidato a vice de Ratinho Junior. Piana é também coordenador do G7 – um grupo empresarial com destaque no Paraná. Filiado ao PSD há mais de um ano, ele faz parte do grupo que desenha o Plano de Governo de Ratinho Junior, liderado pelo ex-deputado federal Reinhold Stephanes.

Nesta semana, nos bastidores da política houve rumores de que o vice seria o presidente licenciado da Fiep, Edson Campagnolo, mas, devido a uma possível e suposta investigação do Gaeco na gestão da Fiep, o nome de Campagnolo caiu na cotação dos que acompanham a política paranaense.

Piana é economista formado pela Faculdade de Ciências Econômicas da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC) e contador formado pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade Federal do Paraná (UFPR). É empresário e autor do livro Nos Passos do Comércio, editado em 2012. É membro da Academia Paranaense de Letras desde novembro de 2012.

Os entendidos em política acreditam que, com essa dupla, o grupo consegue a juventude e a experiência no mesmo conjunto para colocar em prática na campanha sua proposta de um projeto novo para o Paraná. Ficou definido também que Oriovisto Guimarães (Podemos) será o candidato ao Senado.

 

(Adelino de Souza Freelancer / Fotos: Divulgação)

 

 

 

Share

GDIA