Plano Diretor de Transporte Coletivo de Foz não é atualizado há dez anos

Itaipu e parceiros levam tecnologia e inovação para o Show Rural Coopavel 2019
5 de fevereiro de 2019
5 de fevereiro de 2019

O Plano Diretor de Transporte Coletivo de Foz do Iguaçu não é atualizado há dez anos pelo poder público local. O último estudo de grande porte promovido para nortear as ações do serviço no município foi realizado em 2009, durante a gestão do ex-prefeito Paulo Macdonald (PDT). O levantamento ocorreu em paralelo ao processo licitatório vencido pelo Consórcio Sorriso, grupo empresarial que há poucos dias perdeu o controle sobre a exploração do transporte público na cidade. A medida foi decretada pelo prefeito Chico Brasileiro (PSD) em 25 de janeiro, sob ameaça de greve de trabalhadores do setor.

Cumprida a promessa de quitar a dívida deixada pela Viação Gato Branco em menos de uma semana, a gestão municipal do transporte coletivo tem agora a missão de melhorar a qualidade do serviço ofertado ao usuário, alvo recorrente de duras críticas por parte de passageiros e passageiras. “E é isso o que iremos fazer neste segundo momento. A dívida trabalhista foi paga e agora iremos apurar a situação real do serviço para termos condições de apontar melhorias”, iniciou Fernando Marinchini, diretor do Foztrans.

Bruno Soares – reportagem / Foto: Roger Meireles

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA