Pessoas em situação de rua ocupam marquise da antiga sede dos Correios

11 de janeiro de 2019
Ministro defende parcerias público-privadas e elogia papel de Itaipu
11 de janeiro de 2019

Pessoas em situação de rua ocupam marquise da antiga sede dos Correios

A programação das festas de final de ano que ainda ocorre entre as praças Getúlio Vargas e da Paz acontece em paralelo à aglomeração de pessoas em situação de rua que ocupam a marquise da antiga sede dos Correios da JK no centro de Foz do Iguaçu. Diariamente a população e os turistas que frequentam a região decorada com luzes e acessórios natalinos convivem com a triste realidade de andarilhos e dependentes químicos que dormem, se alimentam e consomem entorpecentes no local sem o menor constrangimento. A reportagem do jornal Gazeta Diário visitou a área na tarde de ontem (10) e observou a realidade denunciada por comerciantes e frequentadores do espaço. “Agora está até vazio. Tem momentos do dia que fica cheio, com mais de vinte pessoas. É um contraste muito grande porque de um lado estamos com a beleza das luzes do Natal e do outro a realidade de gente que precisa de ajuda para sair dessa condição”, compartilhou Augusto Marcelo Ribeiro, comerciante que atua próximo à sede do antigo Correios que se encontra fechado há anos.

(Bruno Soares – reportagem/Foto: Divulgação)

Share

GDIA