Pesquisa analisa estrutura de hotéis para receber hóspedes com intolerância

Justiça Federal de Foz do Iguaçu cancela audiências da Operação Pecúlio
11 de setembro de 2018
Mais de 30 mil pessoas visitaram o Parque Nacional do Iguaçu no feriado
11 de setembro de 2018

Pesquisa analisa estrutura de hotéis para receber hóspedes com intolerância

O número de pessoas com intolerância ao glúten e à lactose tem aumentado nos últimos anos. Especialistas dizem que as reações do corpo ocorrem devido ao alto consumo de alimentos processados, industrializados e geneticamente modificados, estresse e predisposição genética. Para atender a essa população com restrição alimentar, as cidades registram a abertura de estabelecimentos gastronômicos especializados, como restaurantes, panificadoras e confeitarias. Supermercados, hoje, dispõem de seções inteiras com produtos especiais. Mas e os hotéis, estão preparados para receber esse tipo de hóspede?

Ao menos em Foz do Iguaçu a maioria dos meios de hospedagem não está preparada. É o que revela uma recente pesquisa realizada por jovens do Trilha Jovem Iguassu, projeto de inserção sócio-profissional executado pelo POLOIGUASSU. Foram pesquisados 32 estabelecimentos de duas, três, quatro e cinco estrelas (categoria no TripAdvisor). (Da Assessoria /Foto: Divulgação)

 

Share

GDIA