Operação Pecúlio: Justiça Federal convoca mais trinta pessoas

Reforma trabalhista só deve valer para ação posterior, decidem juízes
7 de maio de 2018
7 de maio de 2018

Operação Pecúlio: Justiça Federal convoca mais trinta pessoas

A Justiça Federal de Foz do Iguaçu marcou para os dias 17 e 18 deste mês mais duas etapas de depoimentos em razão da instrução de processos que correm no âmbito da “Operação Pecúlio”. Para a primeira sessão está prevista a oitiva de 15 pessoas, todas arroladas pelas defesas dos réus, sendo que, a maior parte delas, 9, foram chamadas pelos advogados do ex-prefeito Reni Pereira (PSB). O político é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de comandar uma suposta organização criminosa criada durante sua gestão à frente do Executivo Municipal, entre 2013 e 2016. Dentre as condutas atribuídas, fraude à licitações, corrupção ativa e passiva, obstrução à Justiça, entre outas. Pereira responde a mais de 435 acusações e alega inocência em todas elas. (Bruno Soares – reportagem/Foto: Divulgação)

 

 

Share

GDIA