Parentes e amigos pedem a soltura de Assad Barakat

Final de semana de protestos em Foz, contra e a favor de Bolsonaro
29 de setembro de 2018
Clubes de Mães ganham loja no Terminal de Transporte Urbano
29 de setembro de 2018

Parentes e amigos pedem a soltura de Assad Barakat

Pelo menos 100 pessoas participaram ontem (28)  de um protesto na frente da Polícia Federal em Foz do Iguaçu contra a prisão de Assad Ahmad Barakat. Ele foi preso na semana passada na sede da Polícia Federal em Foz enquanto tratava de obter documentos para processo de legalização.  No protesto de ontem, participaram familiares, amigos e conhecidos. “Nós estamos aqui para mostrar apoio ao meu pai”, disse o filho de Barakat, Ahmad Assad Barakat, de 29 anos. Segundo ele, há mais de 17 anos acusam o pai dele de terrorismo. “Nós não somos terroristas. Nós somos parte desta cidade”, protesta. “Nós estamos aqui pedindo apoio à Embaixada Libanesa em Brasília e até ao presidente Michel Temer que é descendente de libaneses e cujo pai também veio do Líbano como refugiado”, disse o filho de Barakat.  O ex-vereador  de Foz do Iguaçu e ex-diretor do Departamento de Relações Internacionais da Prefeitura de Foz, Mohamad Barakat, mesmo nome mas sem laços sanguíneos, disse que o cidadão que hoje está preso tem três filhos brasileiros. “Um com 29 anos que vai se formar em psicologia, outro com 20 que faz engenharia química e outro com 17 que quer ser médico”, disse o ex-vereador.

(As Redação /Foto: Roger Meireles)

Share

GDIA