Paraná tem apenas um defensor público para atender cada 120 mil habitantes

Audiência pública na segunda-feira amplia debate sobre lojas francas
23 de junho de 2018
OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões
23 de junho de 2018

Paraná tem apenas um defensor público para atender cada 120 mil habitantes

A Defensoria Pública do Paraná vive uma situação grave em função do reduzido número de defensores públicos e de servidores. Instalada em apenas 16 das 144 comarcas do estado e atuando parcialmente, a instituição conta hoje com 93 defensores em exercício, o que significa que, cada um deles tem a missão de atender 120 mil habitantes, enquanto o recomendado pelo ministério da Justiça é de um defensor para cada 15 mil habitantes. Desde o ano passado, 56 candidatos aprovados no último concurso da instituição aguardam que o Governo do Paraná autorize as nomeações.  Até o momento, não há nenhuma sinalização de que isso venha a acontecer.

A Defensoria Pública é uma instituição autônoma que tem o objetivo de garantir o acesso à Justiça para quem não pode pagar pelos serviços de um advogado particular. Em regra, são atendidos pela defensoria pública as pessoas que têm renda familiar de até três salários mínimos, grupos sociais vulneráveis – criança e adolescente, idoso, mulheres vítimas de violência doméstica, população LGTBTX -, e movimentos sociais. O atendimento é gratuito, sem qualquer contraprestação por parte do usuário.  ( Veronica Macedo/Assessoria de Imprensa /Foto: Divulgação/ DPPR

Share

GDIA