Oscar da dança contemporânea premia Cia Deborah Colker

12 de junho de 2018
Presidente eleito de Paraguai pede novas pontes na fronteira
12 de junho de 2018

Oscar da dança contemporânea premia Cia Deborah Colker

A companhia brasileira Deborah Colker venceu o Benois de la Danse, em Moscou (Rússia), considerado o Oscar da dança contemporânea. É a primeira vez que bailarinos do Brasil vencem a premiação, criada há 27 anos. O prêmio reúne as principais produções mundiais de companhias de dança contemporânea. Em Moscou, com 18 bailarinos, Deborah Colker apresentou o espetáculo “Cão sem Plumas”, o mesmo trazido à Praça da Paz, em Foz do Iguaçu, no último dia 13 de maio, por meio de uma parceria entre a Prefeitura Municipal, a Fundação Cultural e o Parque Tecnológico Itaipu (PTI).  Baseado no poema do pernambucano João Cabral, publicado em 1950, a apresentação mostra a vida às margens do rio Capiberibe e retrata as dificuldades de ser homem e de ser cão no sertão. O espetáculo usa poucas cores, todas em tom pastel. Com 70 minutos de duração, o show faz uma conexão entre dança e cinema. A trilha sonora é de Jorge Du Peixe, do Nação Zumbi e Lirinha, com referências nordestinas. O “Cão sem Plumas” está em turnê pelo interior de São Paulo até o fim deste mês, seguindo depois para o Rio de Janeiro, onde ficará de julho a agosto. Em seguida, o espetáculo será levado para os Estados Unidos da América. ( Renata Giraldi – Repórter da Agência Brasil /Fotografia: Kiko Sierich/PTI)

 

 

Share

GDIA