Opinião

Corrida Insana em Itaipu reúne famílias e promove momentos de resgate da infância
11 de março de 2018
Iniciou e acabou…
12 de março de 2018

Opinião

Olá. Bom dia, leitor!
‘Carpe diem!’
– Hoje, segunda-feira, dia 12 de março, comemora-se o ‘Dia do Bibliotecário’; e
– Também hoje se comemora o ‘Dia do Industrial do Café’.

Fala, presidente!
“Estão cometendo o erro de politizar e ideologizar até o risco de vida que sofre a população do Rio, sobretudo os mais pobres, que vivem em áreas afetadas, sob o domínio de traficantes e milícias. É uma atitude, eu diria, irresponsável. Estão confundindo intervenção civil sobre segurança com militarismo e autoritarismo, em um apelo a tristes lembranças do passado. É uma conspiração inoportuna. A intervenção é algo que só se realiza em uma situação extrema, como a que, lamentavelmente, vimos no Rio”.
São palavras de Michel Temer, criticando a politização da intervenção federal na secretaria da segurança pública do Rio de Janeiro no jornal chileno ‘La Tercera’. Deu no site O Antagonista.

Fala, presidente! (2)
O presidente está certíssimo. Pode-se especular com suas reais intenções por trás da intervenção que ora se faz na segurança pública do Rio, mas discutir sua aplicação e necessidade é uma bobagem.

E por falar nisso
O ministro extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que dentro de quatro meses as pessoas passarão a notar os efeitos da intervenção federal no Rio. Beleza. Só que aqui e ali já começam a chegar algumas notícias a respeito, por exemplo, da Polícia Militar. Como informou na semana passada o blog de Claudio Humberto, ‘há coronéis da PM recebendo até 50% mais que o soldo mensal do general de Exército Braga Neto, que está no topo da carreira. O salário no teto constitucional é corriqueiro na PM do Rio’.

E por falar nisso (2)
Mas não é só isso: ‘No final da carreira, o salário do general Braga Neto gira em torno de R$ 22 mil. Já o de coronéis da PM carioca atinge os R$ 33 mil mensais. Em 2016, no Rio, havia 230 coronéis na ativa e 1.045 aposentados. O salário médio de R$ 26,5 mil é superior aos vencimentos dos generais’.
Em tempo: o general Braga Neto é o comandante maior da intervenção no Rio.
Será que Caetano Veloso e seus amigos artistas – que tanto protestaram contra a intervenção num filme que corre nas redes sociais da internet – estão a par disso? Vão protestar de novo?

E o Brasil vai melhorando
Notícia boa: o IBGE divulgou, na semana passada, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA, referente ao mês de fevereiro último: 0,32%. Não é pouca coisa, posto que esta é a menor taxa de inflação para o mês de fevereiro desde o ano 2000, ou, em outras palavras, nos últimos 18 anos.
O instituto informou ainda que no acumulado dos últimos 12 meses (março/2017 a fevereiro/2018) o índice encontra-se em 2,84%, sendo que o piso da meta é de 3%. Ficou abaixo da meta, portanto.

Pérola
“A Lava Jato é um caso interessante: ela tem o potencial de revolucionar o país se o nível de corrupção realmente diminuir, fortalecendo as instituições. A patética greve dos juízes privilegiados só atrapalha. Como confiar num Judiciário que trabalha sob a égide do meu pirão primeiro?”
Do economista Rodrigo Zeidan, na Folha de São Paulo.

Vamos recomeçar outra semana com ânimo, disposição e energia, leitor! Boa jornada!

Share

GDIA