Opinião

Ecomuseu de Itaipu recebe a comunidade com várias atrações gratuitas, neste sábado (28)
27 de outubro de 2017
28 anos!
27 de outubro de 2017

Opinião

Bom dia, leitor!
‘Carpe diem!’
– Hoje, 27 de outubro, comemora-se o ‘Dia do Engenheiro Agrícola’.
– Foi nesta data, em 1951, que se utilizou pela primeira vez a radioterapia num paciente através de uma bomba de cobalto.
– Também foi nesta data que, em 1492, Cristóvão Colombo descobriu a ilha de Cuba.
– É hoje o aniversário de Luiz Inácio Lula da Silva; 72 anos.

Mendes & Associados
Como todo mundo já percebeu há tempos, Gilmar Mendes gosta mesmo é da política. Ministro do STF e presidente atual do TSE, Mendes foi descoberto pela Polícia Federal em 43 conversas via WhatsApp com o senador Aécio Neves.
Mendes mandou dizer que os contatos constantes são resultado de sua discussão acerca da reforma política, razão pela qual precisou acionar os presidentes dos partidos, o que incluiria o agora notório senador mineiro, amigão do peito de Mendes.
O Tribunal Superior Eleitoral emitiu nota afirmando que os contatos entre Mendes e Neves foram para discutir questões como o Abuso de Autoridade (sonho sob medida da esmagadora maioria dos senadores, não é?) e que os encontros e conversas do ministro Gilmar Mendes são públicos e institucionais. O signatário acha que nessa nota nem Reinaldo Azevedo, outro amigão do peito de Gilmar Mendes, acreditou…
Como se convencionou dizer, ele está mais para líder do governo no STF que qualquer outra coisa. Nos tempos em que o Partido dos Trabalhadores sangrava em praça pública com as escabrosas denúncias e condenações que redundaram de escândalos como o mensalão e o petrolão, Gilmar era a favor da prisão após a condenação em segunda instância. Agora que seus amigos tucanos e alguns peemedebistas estão a perigo, ele mudou de ideia e acha que prisão só deve valer após o inarredável ‘transitado em julgado’. E o presidente do TSE nem fica vermelho.
Mas para quem – na condição de juiz da Suprema Corte – acha bonito e correto ser empreendedor privado, não se sente constrangido em julgar ações sob os cuidados do escritório de advocacia onde trabalha a própria mulher e volta e meia manda soltar larápios e gatunos de seu círculo de convivência, mudar de opinião deve ser coisa circunstancial, miúda, sem importância.
Não deve ser por outra razão que de cada 4 brasileiros, só um acredita em nossa justiça. É o que informa o levantamento da FGV chamado ICJBrasil, o Índice de Confiança na Justiça Brasileira.

Vida de contribuinte
O governo autorizou aumento de 42% no valor da tarifa de energia elétrica. Há menos de um mês já havia reajustado o valor do preço do gás de cozinha por duas vezes: em 6,9% e depois 12,2%.
O governo bem que tenta criar e fazer crer que as coisas estão melhorando, mas a realidade dura dos fatos insiste em provar o contrário.
A bendita bandeira vermelha na conta de luz e os sucessivos aumentos no botijão de gás voltaram para assombrar o verão brasileiro; e para quem vai viajar, vem aí a correção para cima nos preços dos pedágios porque ninguém é de ferro, certo?

Três pontos
O signatário já viu noticiado aqui neste periódico três notícias auspiciosas a respeito de melhorias na cidade: (i) o início das obras de pavimentação das ruas; (ii) a instalação de uma Usina de Asfalto em Foz; e (iii) um projeto dando conta da ativação do Mercado Municipal nas antigas instalações da Cobal, na Vila ‘A’. Pergunto: estas melhorias realmente estão nos planos da atual gestão ou foram só aquele tipo de anúncio da marquetagem que gera muita expectativa e nenhum resultado prático?

E chegou mais uma sexta-feira! Hora de programar o descanso do final de semana, né?
Sorte e saúde a todos, por toda a vida!

Share

GDIA