O adeus ao amigo

Ibama faz operação para fiscalizar uso de antipoluentes em veículos de carga
31 de março de 2018
Opinião
31 de março de 2018

O adeus ao amigo

 

E

o nosso querido Ângelo Publio se despediu da vida na última quinta-feira. Foi quando se constatou a morte encefálica. A esposa avisou a todos, e a família optou pela doação dos órgãos. Feliz de quem receber uma parte do Ângelo, pessoa saudável, de mente e corpo sãos. O que se viu foi uma enormidade de manifestações nas redes sociais, de amigos e até mesmo pessoas distantes, o que dá para medir o carisma do Ângelo.

Despedida prematura
Na verdade, o Ângelo Publio se despediu na tarde de um sábado, poucos segundos antes de ser atropelado por um embriagado ao volante. De lá para cá foi só sofrimento, dor, tristeza e comoção por parte de todas as pessoas que viveram o episódio. Entre idas e saídas da UTI, ora entubado, ora imobilizado, Ângelo se retorcia de dor, contrariando os primeiros diagnósticos, de apenas a mandíbula fraturada. Havia algo mais sério para o agravamento do quadro. Enfim, foi mais de um mês de agonia, a maior parte do tempo inconsciente; e no dia em que seria transportado para casa, a drástica recaída, AVCs, e a fatalidade.

A saudade
Lembraremos e honraremos o Ângelo com muito carinho, pois, embora em pouco mais de um ano em nova empresa, havia o convívio de décadas com os companheiros no setor da notícia impressa. Mais uma vez, aproveitamos o espaço para dar as condolências à família, esperando que supere a dor; uma dor que, sabemos, jamais será superada.

Lula e a caravana
Isso está parecendo filme de caubói, no tempo em que os índios tocaiados mandavam balas e flechas nas caravanas que atravessavam o velho, velho… oeste. Que barbaridade. Mas a polícia está fazendo uma varredura, sobretudo para saber que já havia as marcas de balas e perfurações na lataria do ônibus supostamente alvejado. Será que havia um franco-atirador de plantão? E ele seria tão ousado, ou burro, em disparar contra uma comitiva cheia de batedores da Polícia Rodoviária Federal? Que mistério, hein?

Nas redes
Lula foi embora e o povo continua engalfinhando-se nas redes sociais, como fossem adversários de times de futebol, com “xingões”, ameaças, uma troca de farpas desnecessária e bem longe do campo da disputa ideológica normal, em que a qualidade da sucessão é mais importante. Numa dessas, os candidatos de “coxinhas” e “mortadelas” nem passarão para um segundo turno, de tão conturbado o processo e tamanho o desgaste pessoal dos postulantes. Vamos tratar de virar esse disco, que ele já está cansando.

Rebolo
A coisas estão bem nebulosas no cenário paranaense. O que parecia um jogo era briga de verdade pelo governo, com dois aliados duelando. Dona Cida Borghetti e seu Ratinho Junior vão mesmo para o enfrentamento e estão dividindo a tropa. Osmar Dias está na expectativa, só no observatório.

E a máquina?
Como Ratinho e Cida fazem parte do governo Richa, quem terá a máquina à disposição? Tudo dá pinta de que será a vice-governadora. Na hora em que ela sentar-se no trono, terá todo o controle — e alguém acredita que abrirá brecha para o adversário?

A pergunta
Se Cida e Ratinho entrarem na disputa, há chances para o Osmar Dias beneficiar-se com a divisão dos votos? Haverá dependendo de quem estará no seu barco. Por enquanto o tempo de televisão do PDT é bem pequeno. Em empreitadas assim, a TV faz uma diferença. Há um boato de que o MDB de Roberto Requião apoiará o pedetista. Estima-se que Requião ainda conserve uma fatia considerável dos votos.

Aleluia
Hoje, Sábado de Aleluia, será um dia complicado para enfrentar os supermercados. Quem deixa para comprar ovos de Páscoa e bacalhau na última hora passa aperto. Contaram para o Corvo que um grupo político estava preparando a queimação de um Judas em plena Avenida Brasil. Tomara que não incendeiem as árvores nem os cabos telefônicos, como já ocorreu. Mas de quem será o boneco do delator premiado (com 30 moedas de ouro) de Jesus? Que máscara colocarão nele, do Lula ou do Bolsonaro?

Piolla e o Senado
Segundo a postagem do jornalista Cláudio Dalla Benetta, no site nãoviu.com.br, Gilmar Piolla, secretário municipal de Turismo de Foz, tem a vaga de pré-candidato a senador à sua disposição. O Partido Verde do Paraná fez inclusive um convite oficial. “Com Gilmar Piolla podemos sonhar mais alto”, disse o presidente do PV, Francisco Caetano Martins, o Chico do PV. Será que o Piolla vai trocar de Chico?

Ainda não
O Não Viu? perguntou a Piolla se ele vai aceitar o convite, mas não obtive a resposta. Ainda segundo o site, “o que se sabe é que o plano inicial de Piolla era mais modesto: sair pré-candidato a deputado estadual”. Mais liso que quiabo, Piolla vai enrolar pra dar essa resposta.

Baile
Dona Inês Weizemann é pé de valsa e festeira, tanto que em meio à crise da Saúde que há em Foz, com o governo dando um duro danado para colocar as coisas no lugar, ela organizou um baile para comemorar a sua despedida como secretária. Isso mesmo, armou uma festança para ela e os “colegas” de trabalho na noite de quinta-feira. Várias pessoas mostraram os convites ao Corvo, e eles circularam pelas redes sociais. Inês deveria saber que não há clima para comemorar absolutamente nada, porque sua passagem pela pasta só não foi um desastre porque se tocou e resolveu sair. Pelo menos foi um ato de bom senso, admirado até pelos oposicionistas. Mas fazer festa…

1º de abril!
Qual será a grande mentira a ser contada amanhã, no dia internacional das invencionices? Poderiam juntar as fake news à data, porque na internet é 1º de abril o ano todo!

Iniciativas
Cada um faz a sua parte para alegrar as crianças na Páscoa. São vários os exemplos de carinho e dedicação com os menos favorecidos, como é o caso da Dona Chica, que garante a felicidade de centenas de crianças. Amanhã haverá a entrega de ovos de chocolate na rodoviária de Foz; a iniciativa é da Tarobá Construções, para marcar os dois anos à frente do terminal. A empresa distribuirá ovos de chocolate artesanais aos passageiros que embarcarem e desembarcarem. Quem chegar ou for viajar entre as 6h e 10h receberá um chocolate como lembrança.

Adoçada geral
Todo mundo está feliz, a começar pelos colaboradores da construtora, mais os funcionários das 19 empresas de ônibus que operam no terminal. Os comerciantes e prestadores de serviços instalados na rodoviária não ficaram de fora, estão na lista dos 600 ovos que serão entregues.

Muitas mudanças
Desde o 1º de abril de 2016, a Tarobá vem realizando melhorias na rodoviária. Recentemente revitalizou a gigantesca cobertura do prédio, com os 5.400 metros quadrados do forro envernizados. E houve obras por todos os lados, nos banheiros, guichês… e basta frequentar para saber das mudanças. A privatização quando é séria funciona, está provado.

O Corvo, o Bonato e o Adelino
Como é ano político e, diante disso, a gente passa a viver perigosamente, a direção deste jornal encarregou o Rogério Bonato para cuidar dos voos do Corvo. Ele passará a editar a coluna. Em tese não muda muito, mas o jornalista de certa forma se tornará o responsável pelos conteúdos, juntamente com o editor-chefe Robson Meireles. “O Corvo possui uma visibilidade muito grande, e é normal redobrar os cuidados com as informações publicadas lá e postadas na internet. Um descuido, e isso acaba nos tribunais”, disse Fábius Augusto Bonato, ao adotar a providência. A novidade é que nos próximos dias o Corvo terá um companheiro de leitura, com a estreia da coluna Na Toca do Leão, assinada pelo João Adelino de Souza.

Share

GDIA