Moradores de P. Franco querem mais segurança no Marco do Paraguai

Zezé Motta e Arnaldo Antunes são destaques da Feira do Livro de Foz
10 de setembro de 2018
Hipertensão é silenciosa e atinge mais de 30 milhões de brasileiros
10 de setembro de 2018

Moradores de P. Franco querem mais segurança no Marco do Paraguai

Os moradores de Presidente Franco, onde será construída a segunda ponte entre Brasil e Paraguai em Foz do Iguaçu, querem mais segurança e melhorias da infraestrutura turística e de lazer na área onde está o Marco das Três Fronteiras (incluindo a Argentina). Na semana passada eles conversaram vereadores e autoridades policiais da delegacia do bairro Três Fronteras. O marco paraguaio é visto como uma espécie de “primo pobre” entre os obeliscos que identificam as fronteiras que unem os três países. Nos últimos anos, as áreas dos mirantes, tanto no lado brasileiro quanto no argentino, receberam uma série de obras em toda a infraestrutura, que melhoraram a segurança e resultaram em novas opções de lazer, atraindo cada vez mais turistas e moradores. (Ronildo Pimentel Freelancer/Foto: Divulgação)

Share

GDIA