Laudo conclui que não houve violência na morte de vendedor na Ponte da Amizade

Audiência pública sobre as lojas francas será realizada dia 25 de junho
19 de maio de 2018
IBGE: taxa de analfabetismo no país cai 0,2 ponto percentual em 2017
19 de maio de 2018

Laudo conclui que não houve violência na morte de vendedor na Ponte da Amizade

O laudo da perícia realizada no corpo de Ademir Gonçalves foi concluído e aponta que não houve violência na morte do vendedor, de 39 anos, após uma abordagem realizada por servidores da Receita Federal, na aduana da Ponte Internacional da Amizade, em janeiro de 2017.
A análise foi realizada após a exumação do corpo, no final de outubro do ano passado. O procedimento foi um pedido da família e dos advogados de defesa, que contestavam o primeiro laudo da Polícia Federal, que apontou a causa da morte de Ademir como intoxicação exógena, ocasionada pela ingestão dos fármacos Lidocaína, Fenacetina, Sildenafil e Clobenzorex. (Da redação / Foto: Divulgação)

Share

GDIA