Juiz condena organizador por disparo em formatura no Centro de Convenções

Polo astronômico de Foz pode avistar meteoros em um raio de 400 km
15 de abril de 2019
15 de abril de 2019

O juiz da 1ª Vara Cível de Foz do Iguaçu, Rogério de Vidal Cunha(foto), condenou o responsável da empresa de eventos por disparo de arma de fogo ocorrido durante formatura no Centro de Convenções em 2018. A ocorrência resultou em duas pessoas feridas. A sentença determina indenização por danos materiais e morais que somam R$ 32.755,76 – valor a ser corrigido e pago a quem contratou a empresa para realização do evento. Cabe recurso.
Conforme consta na sentença, A. J. M. ajuizou a ação. Ela narrou que em data de 28/04/2015 firmou com a empresa de eventos contrato de prestação de serviços com a finalidade de realização de festa de formatura da turma de Direito de uma instituição da cidade que foi realizada no dia 17/02/2018.
Alegou que na data do evento, “logo após a abertura do baile, por volta da 1h30 da madrugada, houve uma confusão entre duas pessoas que participavam do evento e após luta corporal, um dos envolvidos, que é policial militar, sacou a arma da corporação e efetuou um disparo dentro do salão de festas, atingindo duas pessoas”.

Da redação / Foto: Divulgação

 

 

 

 

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA