Itaipu e Polícia Ambiental desativam portos clandestinos na região do lago

Vereador quer acabar com transformação da irregularidade do Estarfi em multa de trânsito
14 de fevereiro de 2019
Casal é condenado por tortura e morte de menino de cinco anos em Foz
14 de fevereiro de 2019

Aproximadamente 70 portos clandestinos às margens do Lago de Itaipu, na região de Santa Helena, foram desativados nesta semana em uma operação conjunta da Superintendência de Segurança da Itaipu Binacional com a Polícia Ambiental. A ação, que irá ocorrer com mais frequência, busca combater a atuação de traficantes e contrabandistas e coibir crimes ambientais, pesca predatória e proibida, furto de lenha e madeira, caça, entre outros crimes. O superintendente de Segurança Empresarial, Antônio Volmei dos Santos, acompanhou a operação.
A iniciativa, que começou na terça-feira próximo ao horário do almoço, durou a tarde toda. Os integrantes do grupo percorreram vários quilômetros de estradas e trilhas clandestinas à beira do reservatório da usina hidrelétrica. Nos portos identificados, foram cavadas valetas de mais de dois metros de profundidade para impedir e dificultar o tráfico de drogas, armas e munições tendo como rota o Lago Itaipu.

Ronildo Pimentel
Fotos: Márcio Cézar de Almeida

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA