Estudantes têm seis semanas para desenvolver duas soluções para o PTI

Paraguai expulsa cinco brasileiros ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC)
11 de janeiro de 2019
Faça já sua inscrição para o processo seletivo do Trilha Jovem Iguassu 2019!
11 de janeiro de 2019

Estudantes têm seis semanas para desenvolver duas soluções para o PTI

Oito estudantes de diferentes cursos e regiões do país, divididos em dois grupos, estão reunidos no Parque Tecnológico Itaipu (PTI) com uma missão: entregar uma solução para dois problemas da instituição nas próximas seis semanas. O desafio é parte do Programa Summer Job, promovido pelo Instituto Cesar, e possibilita aos alunos uma experiência prática, com tutoria de profissionais e treinamentos em metodologias de apoio, como Design Thinking e gerenciamento de projetos. Os estudantes que participam da edição do Summer Job no PTI, que teve início na segunda-feira (08), receberam duas propostas de trabalho. Um dos grupos precisará desenvolver uma solução para a entrada de pessoas no novo acesso independente do Parque, que está em construção, e o segundo grupo terá como foco o controle do fluxo de turistas nos ônibus do Complexo Turístico Itaipu (CTI), administrado pelo PTI.

(Com assessoria FPTI / Foto: Divulgação )

Share

GDIA