Equipe de Paracanoagem da fronteira começa a fazer história

Feira do Livro recebe o maior evento  de quadrinhos do Sul do Brasil
14 de setembro de 2018
Ministro destaca potencial de Foz para desenvolver turismo termal
14 de setembro de 2018

Equipe de Paracanoagem da fronteira começa a fazer história

Através da associação ADEPASTI do município de Santa Terezinha de Itaipu, uma equipe nova e, por enquanto, independente de paracanoagem fez sua estreia na última semana, no campeonato brasileiro que ocorre em Curitiba. A equipe é formada por Iguacuenses e Itaipuenses.

Tudo começou por iniciativa do fisioterapeuta e classificador funcional Guto Mazine buscou ajuda do fabricante de barcos Pernambuco Fibras, que cedeu alguns barcos para iniciação dos cadeirantes no esporte. Os proprietários do Pesque Floresta se sensibilizaram com o projeto e emprestam o local para armazenar o material e também a prática esportiva. O projeto teve ajuda de amigos e familiares, bem como de algumas empresas e órgãos públicos. Os treinos são realizados duas vezes por semana e já contaram com a participação de mais de 20 pessoas com diferentes tipos de limitações físicas. Segundo os praticantes, o esporte traz liberdade e autoestima, benefícios físicos, psicológicos e inclusão social.

(D.M. Esportes / Foto: Guto Magazine)

Share

GDIA