Prevenção: Cuidado com o açúcar escondido nos alimentos

Cerca de 200 pessoas participam da reinauguração da Embalagens Paraná
27 de agosto de 2018
Carga de cebola escondia mais de duas toneladas de maconha
27 de agosto de 2018

Prevenção: Cuidado com o açúcar escondido nos alimentos

Alguns até considerados saudáveis escondem valores prejudiciais à saúde: iogurtes, gelatinas e outros alimentos

Não há novidade no fato de que o consumo excessivo de açúcar causa diversos malefícios à saúde. Obesidade, diabetes, hipertensão, câncer, cáries e tantos outros problemas são frequentemente atribuídos a dietas que possuem grande quantidade de sacarose. Ainda assim, os brasileiros mantêm elevada a ingestão de alimentos ricos no ingrediente. Segundo a Organização
Mundial da Saúde, hoje a obesidade afeta 500 milhões de pessoas no planeta.

Contra esta epidemia, a recomendação da entidade é a de que o consumo máximo por pessoa seja de seis colheres de açúcar ao dia – 50 gramas aproximadamente. Sem saber onde a ameaça se esconde, podemos facilmente ultrapassar esta meta – o que compromete não só a boa forma, mas a saúde geral. Entretanto, reduzir a ingestão deste carboidrato não é uma tarefa tão fácil
quanto parece. Os produtos industrializados possuem grandes quantidades de açúcares, que muitas vezes não são contabilizadas pelos consumidores.

Além dos doces, alguns alimentos salgados também podem conter o ingrediente. Até mesmo produtos considerados “saudáveis” escondem valores prejudiciais à saúde. Sucos naturais, iogurtes, gelatinas e outros mais que à primeira vista
parecem inofensivos, podem se tornar grandes vilões da alimentação.

Nos rótulos, os ingredientes sempre aparecem em ordem decrescente de quantidade. Por isso, quando estiver no supermercado, dê uma olhada: um tablete de caldo de galinha contém mais açúcar do que a real carne da galinha. Igualmente, no salgadinho de queijo, há mais açúcar do que queijo. Cada brasileiro tem consumido, em média, açúcar, 55 quilos por ano. A média mundial é de 21 quilos, e na China, apenas 7.

Para te ajudar a ficar de olho nesse açúcar escondido, veja alguns produtos e seus principais ingredientes. Tem de tudo, mas o açúcar é onipresente:

• CALDO DE CARNE – sal, gordura vegetal, amido, AÇÚCAR, alho, carne bovi na, pimenta vermelha, salsa, louro, realçadores de sabor glutamato monossódico e inosinato dissódico, aromatizantes, corantes caramelo e urucum, acidulante ácido cítrico.

• ERVILHA EM CONSERVA – ervilhas, água, AÇÚCAR e sal.

• LASANHA CONGELADA – carne bovina, polpa de tomate, condimentos naturais, sal, AÇÚCAR, amido modificado, pimenta branca, creme de leite, margarina, leite em pó, água, ovo, muçarela e parmesão, presunto e “aroma de fumaça”.

• MAIONESE – água, óleo vegetal, vinagre, amido modificado, ovos pasteurizados, sal, AÇÚCAR, suco de limão.

• MOLHO DE TOMATE – tomate, cebola, sal, AÇÚCAR, amido, óleo vegetal, salsa, aipo, pimenta do reino.

• PEITO DE PERU DEFUMADO – carne de peito de peru, sal, proteína de soja, AÇÚCAR.

• LEITE DE SOJA – 1 copo (200ml) possui 9g de AÇÚCAR;

• SUCO DE UVA INDUSTRIALIZADO – 1 copo (200ml) possui 15 gramas de AÇÚCAR;

• IOGURTE LÍQUIDO INDUSTRIALIZADO – 1 copo (200ml) possui 20 gramas de AÇÚCAR.
Dê preferência a uma alimentação mais natural e integral possível. São ricos em fibras e possuem índice glicêmico baixo (que significa a liberação lenta de açúcar, e em menor quantidade no sangue). São absorvidos mais lentamente pelo organismo, e os níveis de glicose vão aumentando aos poucos, e por esse fato, este tipo de alimento sacia mais rápido e por mais tempo .(site: diabetes/org.com)

Share

GDIA