Crise na Argentina pode levar à redução das exportações brasileiras

Anunciada para fevereiro, inauguração do CER IV é prorrogada para junho
14 de maio de 2018
INAUGURAÇÃO DA LOJA VICTOR HUGO
14 de maio de 2018

Crise na Argentina pode levar à redução das exportações brasileiras

A crise na Argentina pode levar à redução das exportações brasileiras de carros e peças para o país vizinho, segundo avaliação de especialistas. Atualmente, a participação da Argentina nas exportações brasileiras é de cerca de 8% e a maior parte é do setor de veículos. De janeiro a abril, as exportações totalizaram US$ 74,299 bilhões. Desse total, US$ 6,060 bilhões são referentes à Argentina. Dos produtos exportados para a Argentina, cerca de 33% são automóveis. A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) informou que ainda não tem uma previsão de quanto podem cair as exportações com a crise. A associação disse apenas que 76% das exportações do setor vão para a Argentina, seguido do México (7%), Chile (5%), Uruguai (4%), Colômbia 3% e Peru (2%). (Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil / Foto:Arquivo/Agência Brasil)

 

Share

GDIA