Corpo de Bombeiros alerta sobre riscos de incêndios florestais

Chapéus de feltro na Mariah
12 de julho de 2018
Sindhotéis realiza assembleia sobre convenção coletiva, no dia 16
12 de julho de 2018

Corpo de Bombeiros alerta sobre riscos de incêndios florestais

A falta de chuvas no primeiro semestre deste ano, associada à baixa umidade do ar, provocou o aumento de focos de incêndio no Estado. De acordo com dados do Corpo de Bombeiros do Paraná, foram 3.793 casos nos seis primeiros meses deste ano, ante 2.516 registrados no mesmo período de 2017 – aumento de 44%. As cidades com maior incidência de focos no período foram Paranavaí, com 391 registros, e Maringá, com 298, ambas localizadas no Noroeste do Estado. Apucarana, no Vale do Ivaí, vem logo em seguida, com 232. Curitiba registrou 214 ocorrências. De acordo com o Simepar, não há previsão de chuvas para o Noroeste nos próximos 15 dias, o que pode agravar ainda mais a situação. “As chuvas desta época do ano são provocadas basicamente por frentes frias, mas não há nenhuma sobre a região neste momento”, disse o meteorologista Tarcísio Valentim da Costa. (AEN /Foto: AEN)

Share

GDIA