No Bico do Corvo Editado por Rogério R. Bonato

Share
30 de junho de 2018

Fake news
As redes sociais deste Corvo amanheceram lotadas de gravações dando conta de que na segunda-feira haverá uma nova manifestação de caminhoneiros. Como nada saiu nos telejornais, tudo leva a crer que há outra onda de notícias falsas espalhando-se. E a brincadeira já está assustando muita gente. Havia filas no posto onde o Corvo foi abastecer. Que tristeza isso!

 

Ligados ao Messer
Os jornais paraguaios ligam empresários brasileiros ao doleiro, independentemente de serem investigados pelo Ministério Público de lá. Quer dizer, atiram a esmo. O ABC Color publica e os demais repicam; alguns tratam da ligação como fosse fato. Foi o que aconteceu com o pessoal ligado a um estabelecimento gastronômico muito famoso em Foz que tem uma filial no Paraguai. Ao que consta, as notícias veiculadas não saíram do campo da denunciação jornalística.

 

É mentira?
O Corvo não sabe nem está dizendo que é. Também não defende ninguém. O fato é que não há uma manifestação de delegado, promotor e muito menos de juiz. Então, como se pode alegar que um tradicional bar, frequentado por milhares de iguaçuenses, paraguaios, argentinos e turistas de todos os cantos do planeta, pode ser controlado pelo doleiro ou pelo grupo dele?

 

Força na peruca
Antes de ser investigado e denunciado, o doleiro Messer era “o cara”; meio mundo fez negócios com ele; pela proximidade com o presidente Cartes, foi considerado um homem muito forte em território paraguaio, sendo assim deve ter milhares de sócios naquele país. Uma coisa é lavarem dinheiro, outra é fazer negócio. Se o “caso Messer” for levado ao extremo, cada uma das pessoas que fez câmbio em seus negócios será cúmplice, ou seja, vão processar e precisar prender uma quantidade de gente provavelmente maior que a população do Paraguai.

 

Negócios
As famílias iguaçuenses citadas pelo jornal paraguaio possuem negócios agrícolas no país vizinho há décadas. Isso é de pleno conhecimento público. Uma ligação empresarial com o doleiro não quer dizer que essas pessoas vivem do benefício de crimes financeiros. No mais, uma casa tradicional como a citada vive lotada, cheia de gente e não fornece bebidas de graça, como bem sabemos. Cobram, e até muito bem por sinal. Se a ligação com os crimes do doleiro for verdadeira, a Justiça informará oficialmente. Até lá, tudo paira no campo da especulação, seja com ou sem maldade.

 

A delação
Ontem divulgamos que Dario Messer, ainda foragido, pretende “abrir o bico” por meio de um “acordo de colaboração premiada”. A intenção dele é responder aos processos em liberdade. No máximo em prisão domiciliar, o que não seria nada ruim, considerando que ele mora muito bem. Mas com um montante de US$ 1,6 bilhão em discussão, resta saber se as autoridades aceitarão uma negociação assim. Ele terá de responder a acusações em dois países. Pode escapar de um, mas não de outro. Se Messer falar, as coisas vão ferver ainda mais na política brasileira.

 

Rápidos no gatilho
Os nossos vizinhos paraguaios são muito rápidos. Enquanto Foz do Iguaçu se perde em reuniões, blablablás desnecessários, como cão correndo atrás do rabo, a prefeita de Ciudad del Este está conseguindo sensibilizar o governo nacional para a mudança de legislações que tornarão o comércio de lá muito mais atrativo. Dependendo, os compradores passarão direto e nem vão sentir o cheiro das nossas lojas francas.

 

Velho problema
Foz é muito lerdinha neste quesito, de tentar achar pelo em ovo. E não corremos o risco de perder apenas para os paraguaios, mas sim para as demais cidades que receberão free shops. Este Corvo possui informações muito sérias sobre o esfriamento de vários investidores e detentores de grandes marcas. Eles não estão gostando nada dessa enrolação.

 

Lerdeza histórica
Enquanto uma porção de pessoas, muitas das quais estarão distantes das lojas francas, fica de reunião em reunião discutindo o sexo dos anjos, muitos dos concorrentes já aplainaram o terreno, ou seja, estão praticamente construindo os espaços. Vamos sacudir essa poeira, seu Chico Brasileiro. Destrave esse assunto também.

 

Elementar
Não há nem muito o que discutir. Há um plano de ocupação na cidade, um zoneamento. Chamam isso de Plano Diretor. É só olhar onde é possível instalar as lojas francas e pregar chumbo! É o que fazem os concorrentes. Bom, nossa redação fez uma matéria sobre o tema.

 

Cota mantida!
E os nossos queridos vizinhos paraguaios não podem queixar-se do empenho dos brasileiros. Com o advento das lojas francas, a cota de compras seria reduzida para US$ 150. A preocupação era grande com os comerciantes de CDE e com os milhares de brasileiros que trabalham lá. O ministro deu uma canetada e manteve a cota de US$ 300.

 

Advogada
O nosso amigo Reinaldinho, como é conhecido o Dr. Reinaldo Caetano Santos, possui muitas razões para festejar no final de semana e nos próximos dias. Samira Quinaglia Santos, a filhota que cursa o nono período de Direito, passou nas duas fases da OAB! Felicidades ao papai, Reinaldinho, mamãe, Luciene Quinaglia, e para a mais nova advogada! O Corvo conhece a Samira desde pequenininha!

 

É hoje…


Neste sábado acontece a noite de chorinho em A Casa. O evento já recebeu uma porção de confirmações, mas ainda dá tempo de marcar presença. O Corvo republica o cartaz.

 

Jogões
Um sábado, aliás, dos mais futebolísticos, com a Argentina nas oitavas de final e enfrentando a França! A lotação nos botecos será garantida com Uruguai x Portugal e nova empreitada da Argentina! Vamos ver quem segue no Mundial, nesse duelo entre americanos e europeus. Para o Brasil não faz muita diferença.

 

Mais jogões
E amanhã, domingo, o bicho vai pegar, com a Espanha enfrentando a Rússia e a Croácia precisando encarar a Dinamarca. Quando o Brasil entrar em campo, metade das equipes já se despediu.

 

Brasil na segunda-feira
Pois o final de semana será meio que prolongado. Difícil alguém ir trabalhar sabendo que haverá jogo da seleção brasileira às 11h. Que barbaridade!

 

De olho
E em caso de vitória, é bom os brasileiros irem acostumando-se com a ideia de que só haverá pedreira pela frente. “Não há jogo fácil nesta Copa.” Esta é a frase do Mundial.

 

Hexa

 

 

A seleção brasileira foi campeão em 1958, e de lá para cá: “bi” em 1962, “tri” em 1970, “tetra” em 1994 e “penta” em 2002. A rapaziada quis homenagear a nova conquista e estampou a rua!

Share
29 de junho de 2018

Em busca do Eldorado Corvo, as pessoas estão indo embora para os países mais ricos porque simplesmente cansaram de ser exploradas ou de conviver com o crime e a falta de segurança. Vão embora porque, mesmo correndo da polícia e se escondendo nos outros países, a vida é bem mais justa. Estamos vendo essa crise no mundo. Só na minha família, cinco pessoas foram para […]
28 de junho de 2018

A impunidade No geral, quem possui lá um distúrbio de desvio de conduta vai pensar assim: a pessoa pode roubar milhões da coisa pública, deve preparar-se para devolver uma parte, mas se o resto ficar bem guardado, poderá ser muito bem aproveitado num futuro próximo. Se constituir um bom advogado, o corrupto ficará preso um, dois, no máximo três anos, pois o caso entrará em […]
27 de junho de 2018

Um bom sinal O advento das lojas francas, pelo visto, venceu um duro obstáculo em Foz do Iguaçu: o pensamento sobre a virtual destruição do comércio formal. Os empresários e boa parte das pessoas envolvidas com as atividades comerciais estão convictos de que free shops não causarão prejuízo, pois Foz já aprendeu a conviver com os produtos vendidos no Paraguai e Argentina. As barraquinhas que […]
26 de junho de 2018

      Férias? O Corvo está desfalcado. Dois Corvos e um colaborador viajaram por esses dias. Lamentavelmente ninguém foi para a Rússia assistir aos jogos da Copa. Um foi visitar a irmã em Santa Catarina, outro foi para Curitiba, e o nosso colaborador Rogério Bonato resolveu ir trabalhar longe de Foz — pelo menos foi o que ele nos disse. Mas o Corvo é […]
25 de junho de 2018

Audiência pública Hoje, na Câmara, discutem-se as lojas francas. O tema promete bom público, pois ainda há muitas dúvidas sobre esta novidade que está mexendo com a cidade. Falarão conhecedores sobre o tema e também a palavra estará livre aos que desejarem manifestar-se. Pode ser que alguém ocupe a tribuna para gastar o tempo, falando besteira ou tentando jogar a sardinha na própria brasa. Até […]
23 de junho de 2018

Antes do jogo O Corvo deu um giro pela cidade, entre 7h30 e 8 da manhã, e o que se via era gente apressada para chegar em casa antes do jogo. No mais, um marasmo. Apenas as padarias concentravam bastante torcedores. Muitas empresas funcionaram apenas após as 13 horas. O Gazeta Diário foi uma delas. Mas a chefia deu um desconto, porque em geral todo […]
22 de junho de 2018

Que venha o inverno Pois é, seu Corvo, a estação fria chegou ontem, e estão dizendo que o pior já passou. Em casa tem um ipê-roxo que já floriu e despejou as flores e folhas. Vejo as plantas meio temporãs de uns anos pra cá. Mas um friozinho é bom. Tomara que a temperatura caia um pouco pra gente curtir, porque o calor de Foz […]
21 de junho de 2018

Visita ilustre Este Corvo faz questão de agradecer a visita da governadora Cida Borghetti e comitiva, leia-se, ao lado do secretário de Comunicação, Alexandre Teixeira. A redação ficou bem feliz, apesar da penca de papagaios de pirata, mas a maioria ficou na calçada. É sempre uma honra receber um governador do Paraná! E a Cida, além de uma simpatia, é amiga de longa data. Mais […]
20 de junho de 2018

Saiu barato O caso da vereadora Nanci Rafagnin, enfim, chega ao fim, pelo menos no Legislativo. Como esperado, o placar foi de 14 votos a favor da suspensão de 30 dias. Somente o vereador Kako votou contra. Celino Fertrin lascou o latim em razão do pronunciamento do advogado de Nanci, mas no fim admitiu que a pena foi branda.   Furacão No meio da confusão, […]
19 de junho de 2018

Os bons de bola E dá-lhe comparativo sobre os craques do futebol nas redes sociais. A boa de ontem, enviada pelo José Ivaldece, foi que entre os melhores do mundo na primeira rodada, CR7 fez três gols; Messi perdeu um pênalti; e Neymar pintou o cabelo.   Agouro O mundo é cheio de superstição. Contaram para o Corvo que Foz do Iguaçu está organizando uma […]
18 de junho de 2018

Preços Corvo, fui comprar um calçado para o meu filho, um tênis com um pouquinho mais de qualidade, por recomendação do ortopedista, inclusive, e não achei nada por menos de R$ 300. Mas daí comecei a andar, negociar e chorar um pouco com os vendedores e encontrei o mesmo produto a R$ 165. No fim ainda sairia por R$ 150. Pensei: se eu for ao […]
16 de junho de 2018

Grande notícia! Saber que a cota de US$ 300 poderá ser mantida nas cidades de outros países que fazem fronteira com o Brasil mantém uma chama bem acesa na manutenção dos interesses de uma localidade como Ciudad del Este, por exemplo, que avizinhará o advento das lojas francas. Tudo depende do ministro da Fazenda, disse o chefão da Receita no Paraná, Luiz Bernardi. O negócio […]
15 de junho de 2018

Mosaicos Como diria a vovó do Corvo: são “muito lindos” os mosaicos com os quais a prefeitura e a Justiça Federal estão adornando o canteiro central da Avenida Jorge Schimmelpfeng. Os 29 “vasos redondos”, enormes, sustentam belas palmeiras — que, aliás, são uma marca do centro da cidade. Os canteiros estão sendo revestidos de mosaicos que formam imagens da nossa bela flora e fauna. É […]
14 de junho de 2018

Bomba! O Corvo teve acesso a uma série de novas informações sobre o caso Nanci. Áudios, documentos, fotos etc. Confirmados os conteúdos, poderá haver uma reviravolta no imbróglio. Ou a cavação mais profunda da tumba. Quem vai deitar nela são outros quinhentos. As peças documentais levam jeito de dinamite pura, o tipo de bomba que quando explode espalha. E, sendo assim, com esse retardo e […]
13 de junho de 2018

Na Câmara… Ao que consta, o caso Nanci vai ficar no gancho dos 30 dias. A manifestação do MP não influiu para menos nem para mais no imbróglio. E se o promotor obtiver provas de veracidade do atestado, ou que o médico mentiu, como é que isso vai ficar? Vão devolver os 30 dias para a vereadora?   Dona Inês, dona Inês… A vereadora precisa […]
12 de junho de 2018

Pombinhos Apesar da ressaca pelas festividades de aniversário da cidade, da alta do dólar, dos efeitos do reabastecimento, da tensão pré-futebolística, dos candidatos alvoroçando-se, da roubalheira divulgada na TV e da falta de grana geral, as agendas dos restaurantes estão positivas para a comemoração do Dia dos Namorados! Com tantos problemas na cabeça do cidadão, é bem possível que as farmácias lucrem algum com a […]
11 de junho de 2018

15 obras Foi a manchete da edição especial do fim de semana deste jornal. Itaipu vai, mais uma vez, dar uma força para a cidade: pavimentará e iluminará vias, construirá casas e acessos turísticos e, de quebra, entregará o tão sonhado mercado municipal!   O mercado Sábado, o Corvo passou pela Vila A e viu a bela estrutura que está sendo erguida onde funcionava a […]
9 de junho de 2018

Centro de Convenções Para tocar adiante o processo de se livrar do elefante branco, é necessário reunir os acionistas. E quem são os acionistas daquela estrutura além dos órgãos públicos? Se o Centro de Convenções foi um enorme prejuízo, além de um fiasco ao que se propôs, os “acionistas” enfiaram a mão no bolso para dividir os furos no caixa?   Quem são os acionistas? […]
8 de junho de 2018

Marcellão Entra e sai campanha política, e um nome surge na agenda de quem lida com o ofício de trabalhar a vida dos políticos na imprensa: Marcello Cattani, o bruxo do marketing ligado ao ex-governador Beto Richa. Ele trabalhará a imagem da governadora Cida Borghetti. Segundo o Fábio Campana, Marcello também cuidará da empreitada eleitoral do Alex Canziani. Tucanos acuados O magnânimo líder do tucanato […]
7 de junho de 2018

Sicredi — nova sede Pois então, senhor Corvo, vi a notinha que você escreveu ontem sobre as obras no antigo edifício onde funcionava A Jóia Esporte e Som e achei bem bacana saber que a cooperativa Sicredi vai ocupar aquele espaço, pois haverá uma soma de energia, com certeza. Embora as linhas modernas, o edifício que é dos anos 80 enverga sim uma imagem muito […]

GDIA