Idgar Dias Júnior

Share
1 de agosto de 2017

Provincianismo

Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, em entrevista a uma rádio pernambucana, segundo o jornal Valor Econômico: “Política é dedicação, coragem moral e vida pessoal modesta. Ficou rico é ladrão. Vou repetir: ficou rico é ladrão’. É claro que Alckmin estava alfinetando o ex-presidente Lula.

Provincianismo II
Da coluna de Hélio Gurovitz, no ‘Estadão’, a despeito de Aldemir Bendine, ex-presidente do Banco do Brasil, preso recentemente: “Bendine fez uma carreira relativamente normal até 2006, quando foi ocupar a gerência de cartões de crédito em Brasília. Aproximou-se então de personagens próximos de Lula, como o consultor Antoninho Marmo Trevisan e o ex-ministro Gilberto Carvalho, que costumava levar a jogos do Palmeiras, time de ambos. As novas amizades garantiram a Bendine uma ascensão fulminante no Banco do Brasil. Em 2007, sem passar por nenhum cargo de diretoria, foi alçado à vice-presidência de cartões e varejo. Dois anos depois, em abril de 2009, foi nomeado presidente do banco”.

Tempestade à vista
Aldemir Bendine sabe muito. E é tido como pessoa muito depressiva. E daí? Daí que Bendine não aguentará a cana dura de bico fechado. Há quem diga que suas revelações implicariam gente como Guido Mantega (este já foi delatado por Odebrecht, JBS, por Mônica Moura e seu marido João Santana), Joesley Batista, Lula, Dilma e o PT.
Aliás, foi Dilma Rousseff quem nomeou Bendine e anda mais quietinha que ‘guri cagado’, né não?

Desembarque forçado
Romero Jucá é o presidente do PMBD, certo? E vem trabalhando para expulsar do partido os senadores Roberto Requião (PR) e Kátia Abreu (TO).

Nós e os carros
Vamos combinar: os jovens de hoje em dia pouco ou nada ligam para os carros. Ou se ligam, não ligam mais como antigamente. Ter um carro já deixou de ser prioridade; bacana mesmo é ter conectividade.
Os carros vão ficar para trás como o cigarro vai ficando. Na maioria dos ambientes fechados nem é preciso mais deixar avisos de ‘É Proibido Fumar’. Esta lei pegou.
O governo do Reino Unido resolveu recentemente que após 2040 estará proibida a venda de carros movidos a gasolina e diesel. Por lá quem tem carros híbridos e/ou elétricos paga menos impostos, gasta metade com estacionamento no centro das cidades e na hora da compra tem um sem-número de vantagens. É que por lá a poluição mata entre 20 e 40 mil pessoas por ano (já pensou em São Paulo?). Uma pesquisa recente revelou que em cidades como São Paulo sai mais barato se locomover de taxi que de carro próprio.
Como já comentado neste espaço, certa feita o ex-ministro do petróleo da Arábia Saudita, ZakiYamani, sabiamente enunciou: ‘A Idade da Pedra não terminou por falta de pedra – e a Idade do Petróleo terminará muito antes do fim do petróleo’.

Reputação ilibada
O signatário, a exemplo e segundo critério preconizado pelo ex-presidente Lula, faz saber a todos que também é honesto; não tenho conta na Suíça, ok?

Só rindo mesmo
Do Macaco Simão, na Folha de São Paulo: “E uma amiga achou que estava sendo traída e botou uma tornozeleira no namorado para rastrear os seus passos. É a cornozeleira”.
Mais: “Olha este classificado: Mulher fogosa, cabelos longos, atendo no teu prédio, na minha casa ou no motel. Ligar para IMACULADA”…

Sorte e saúde sempre a todos! Boa semana!
Contato: idgarjunior@gmail.com

Share
30 de julho de 2017

Kryptonita

O ministro Eliseu Padilha, da Casa Civil da gestão Michel Temer – ou daquele governo que não mente, deu entrevistas assegurando que em 02 de agosto próximo o plenário da Câmara Federal não vai aceitar a denúncia por corrupção passiva contra o presidente. Pelo jeito, ‘está tudo dominado’. Beleza. Mas como o mundo não vai acabar no dia seguinte ao evento, é de se pensar […]
29 de julho de 2017

Quod liced Jovi non licetbovi

‘Post’ publicado no site ‘O Antagonista’ faz ver que nossa justiça é mesmo falha. Um empresário preso em Curitiba cobrou do ministro Edson Fachin, do STF, o mesmo tratamento dado aos casos de Aécio Neves e Rodrigo Rocha Loures no que tange a questão da celeridade. O pedido foi feito através de carta em que o empresário, detido há mais de um ano, faz críticas […]
28 de julho de 2017

Denorex

Só os mais antigos (como este signatário) se lembram do xampu que parecia remédio, mas não era remédio. E o bordão da propaganda era ‘parece, mas não é’. A citação cai bem no caso da conjuntura atual brasileira: parece que o país vai acabar amanhã, tamanha a profusão de escândalos políticos e de violência, não é mesmo? É. E a desfaçatez anda tão fora da […]
26 de julho de 2017

Assim o país não melhora! Nota técnica elaborada pela Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda dá conta de que benefícios financeiros e creditícios concedidos pelo governo federal entre os anos de 2007 e 2016 resultaram num montante de R$ 723 bilhões. Tem mais: dois terços dessa bolada – R$ 499 bilhões – foram concedidos nos últimos 5 anos. Longe de querer julgar aqui […]
26 de julho de 2017

Postos de gasolina e seus donos O ‘governo que não mente’ aumentou as alíquotas do PIS e do COFINS que incidem diretamente no preço dos combustíveis, certo? Uma covardia. De todos os seres que habitam este planeta em que vivemos, somente nós humanos não vamos dormir quando o sol se vai, ou quando anoitece; nós acendemos as luzes. É óbvio, mas poucos prestam atenção. Da […]
24 de julho de 2017

Sérgio Moro, o sutil. Há anos este signatário leu um artigo que abordava uma dessas situações meio óbvias e imperceptíveis. Uma empresa de móveis lançava uma cadeira muito bacana, dessas para usar em salas bem amplas de mansões bem luxuosas de gente abastada. O detalhe: para dar ar de coisa bem ‘tchan’ à tal cadeira, foi colocada a imagem de Abraham Lincoln (16º. Presidente americano, […]
20 de julho de 2017

Você já entrou na de voltar Palavras do diretor-executivo do Banco Mundial, senhor Otaviano Canuto, ao jornal ‘Valor Econômico’: “A minha avaliação, a do Banco Mundial e dos mercados é que hoje a agenda de reformas parece segura. Posso dizer que me parece haver uma coalização de suporte em relação às reformas para protege-las da volatilidade política”. Agora fica na tua que é melhor ficar […]
19 de julho de 2017

A Venezuela e a doença holandesa Na coluna anterior, discorremos acerca da doença holandesa, assim descrita na Wikipédia: “doença holandesa refere-se à relação entre a exportação de recursos naturais e o declínio do setor manufatureiro. A abundância de recursos naturais gera vantagens comparativas para o país que os possui, levando-o a se especializar na produção desses bens e a não se industrializar ou mesmo a […]
18 de julho de 2017

Olá leitores, estou estreando o espaço. O meu texto de hoje está na edição impressa. Mas envio um texto interessante aqui; desfrutem e obrigado pela leitura e acesso! O jogo de Michel Temer na CCJ O preço pago por Michel Temer em emendas parlamentares para se salvar na Comissão de Constituição de Justiça foi a liberação de mais de R$ 2 bilhões só no mês […]
2 de julho de 2017

Denorex Só os mais antigos (como este signatário) se lembram do xampu que parecia remédio, mas não era remédio. E o bordão da propaganda era ‘parece, mas não é’. A citação cai bem no caso da conjuntura atual brasileira: parece que o país vai acabar amanhã, tamanha a profusão de escândalos políticos e de violência, não é mesmo? É. E a desfaçatez anda tão fora […]

GDIA