Cerca de 500 mil presos não estão cadastrados em banco de mandados

Eleitor tem até quarta-feira para regularização do título
7 de maio de 2018
Moradores da “Ocupação Bubas” constroem barracão comunitário
7 de maio de 2018

Cerca de 500 mil presos não estão cadastrados em banco de mandados

Todas as pessoas privadas de liberdade no Brasil devem ser cadastradas no Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP) até o dia 30 de maio. A recomendação é do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e tem o objetivo de organizar dados que viabilizem melhor planejamento do sistema carcerário no país. Até agora, contudo, apenas 211 mil presos de um universo de mais de 726 mil foram cadastrados. Segundo o CNJ, apenas sete estados já registraram as informações de 100% de suas populações carcerárias: Acre, Alagoas, Amapá, Goiás, Piauí, Roraima e Sergipe. Os dados consideram os cadastros feitos até o meio-dia da última quinta-feira (3). (Helena Martins – Repórter da Agência Brasil /Foto:Wilson Dias/Agência Brasil)

 

Share

GDIA