Após 6 meses de vigência, reforma trabalhista espera regulamentação

Estão abertas as inscrições para edital do PTI de incubação de empresas
12 de maio de 2018
Paraguai em festa na segunda e terça para comemorar Independência e Dia das Mães
12 de maio de 2018

Após 6 meses de vigência, reforma trabalhista espera regulamentação

Meio ano após a implantação da reforma trabalhista, os resultados das mudanças ainda não são suficientes para uma análise profunda sobre os impactos gerados aos trabalhadores brasileiros. Entre os defensores das novas medidas, o principal triunfo foi a redução do número de ações trabalhistas no período, dado questionado pelos críticos da reforma. A falta de regulamentação após a perda de vigência de uma medida provisória sobre o tema é o principal motivo para, segundo especialistas, o aumento da insegurança de empregadores, funcionários, advogados e da própria Justiça trabalhista. As pessoas que acompanham de perto o tema estimam que somente após um ano de vigência das novas regras será possível ter uma visão mais realista dos reflexos da legislação. ( Paulo Victor Chagas – Repórter da Agência Brasil /Foto:Arquivo/Agência Brasil)

Share

GDIA