Ana Sátila leva Brasil à final do C1 no Mundial de Slalom Rio 2018

Foz do Iguaçu é 67ª cidade que mais gera empregos no Brasil
2 de outubro de 2018
Corpo de Dom Dirceu Vegini é sepultado na Catedral Nossa Senhora de Guadalupe
2 de outubro de 2018

Ana Sátila leva Brasil à final do C1 no Mundial de Slalom Rio 2018

Neste final e início de semana as provas do K1 foram ao extremo no mundial, e o Brasil tem nova chance de pódio com Pepê de volta à cena, Ana Sátila, prata no Mundial de 2017, sua irmã Omira Estácia Neta e Fábio Rodrigues. Os três iguaçuenses voltaram a escrever o nome no quadro principal da canoagem slalom. A categoria é a mais radical. Os canoístas saltam direto de uma ponte com seus caiaques no canal de competição e descem em velocidade. São quatro atletas por largada, o que pode levar a torcida ao delírio com batidas, fechadas e viradas dos barcos.

Com o terceiro melhor tempo do fim de semana (117.98), feito inédito para a Canoagem Slalom do Brasil, Ana Sátila não perdeu o foco. “Eu sonho sim com a medalha de ouro. Eu acredito que pensar positivo é importante. Estou muito feliz com a minha colocação vou entrar na água com força total”, diz.

(D.M. Esportes/Foto: Itaipu Binacional)

Share

GDIA