Com foco, em velocidade, embriaguez, PRF lança Operação Semana Santa
17 de abril de 2019
17 de abril de 2019

Olá! Bom dia, leitor!

– Hoje, quarta-feira, dia 17 de abril, é celebrado o ‘Dia Internacional do Hemofílico’;

– Também hoje é comemorado o ‘Dia Internacional de Luta dos Trabalhadores do Campo’.

 

Jair Rousseff da Silva

“Este Ministério entende que, por ser líder da Igreja Universal do Reino de Deus, que beneficia, entre outras, comunidades brasileiras em dezenas de países, o requerente exerce atividade continuada de relevante interesse para o Brasil, que exige numerosas viagens ao exterior e justifica a emissão de passaportes diplomático em seu nome”.

Nota do Itamaraty justificando renovação do passaporte diplomático do bispo Edir Macedo e esposa.

 

Jair Rousseff da Silva (2)

Janaína Paschoal, no Twitter: “Eu sei que o ‘C’ significaria conservador, mas, historicamente, o ‘C’ remete a comunista. Era só o que me faltava. Ademais, com a decisão de ontem (12) do nosso Presidente, o L de liberal já não é tão liberal assim. O PSL está cada vez mais parecido com o PT”.

A deputada estadual pelo PSL de São Paulo criticou a decisão de Bolsonaro ao intervir na Petrobras para não reajustar o preço do diesel. E criticou o PSL por estar a cada dia mais parecido com o Partido dito dos Trabalhadores.

 

Jair Rousseff da Silva (3)

Pudera: renovação de passaporte diplomático para Edir Macedo, intervenção na economia e demora para se livrar de ministros inconvenientes é ‘política velha’ que JMB, como fizeram Lula e Dilma, condena mas usa à exaustão; e o PSL segue o exemplo, como fez o PT: autocrítica, zero.

 

Foi um rio que passou em minha vida

Sabe aquela vez em 2019 que o pregão da Bolsa passou dos 100 mil pontos? Pois é, o furor na Bolsa fez nascer a Bettina, aquela moça que ficou rica de uma hora para outra investindo em ações. Esqueça tudo isso, ok? Como disse José Roberto Mendonça de Barros, economista, em evento ocorrido em São Paulo, 2019 já era!

 

Foi um rio que passou em minha vida (2)

Mendonça de Barros sabe da importância capital da reforma da Previdência; sem ela o País ficará pior. E, ainda assim, o ministro da Economia diz que ‘o presidente da República não está apaixonado por ela’. Voltando a Mendonça de Barros – para quem “a postura de Bolsonaro em relação à reforma da Previdência não ajuda: ‘Primeiro, disse que preferia não fazer a reforma, agora, a regra para aposentadoria rural e o BPC já estão fora antes de começar a tramitação praticamente. Isso é um problema. Acaba com o discurso de que todo mundo vai ter sacrifício’”.

 

Foi um rio que passou em minha vida (3)

Quase 30 anos de vida parlamentar e JMB aprendeu pouquíssimo. Pois de capital político ele aparenta não saber coisa alguma. É bem provável que a reforma da Previdência não saia em 2019; se sair, vai ser meia sola.

 

Melhor pergunta

“Será que o presidente [do STF Dias] Toffoli e o ministro [Alexandre de] Moraes não acreditam na Justiça? Censurar é abominável”.

Do procurador Júlio Marcelo de Oliveira, procurador do MPF junto ao TCU, no Twitter.

 

Contato: idgar_dias@hotmail.com

WhatsApp: [45] 9.9950-3808

Veja A Gazeta na internet: www.gdia.com.br

Sorte e saúde sempre

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA