Argentina aplica multa de R$ 9 mil em veículos de turismo sem a lista de passageiros
8 de dezembro de 2018
8 de dezembro de 2018

Olá, caro leitor. Bom dia!
‘Carpe diem!’

– Hoje, sábado, dia 08 de dezembro, é celebrado o ‘Dia Mundial da Imaculada Conceição’;​

– Também hoje são comemorados o ‘Dia da Família’ e o ‘Dia da Justiça’;​

– A data também é de celebração do ‘Dia do Ciclista’ e do ‘Dia do Cronista Esportivo’.​

– Nesta data, em 1980, Mark David Chapman assassinou John Lennon quando este voltava pra casa.​

Vai vendo…​

O governador eleito do estado de São Paulo, João Dória, nomeou para o seu secretariado mais um colaborador do governo de Michel Temer. Até agora são cinco ex-ministros que viraram secretários no governo paulista que assume em 2019: Gilberto Kassab (Casa Civil), Sérgio Sá Leitão (cultura), Rossieli Soares (Educação), Alexandre Baldy (Transportes Metropolitanos) e Vinícius Lummertz (Turismo).​

De João Dória: “Não há continuidade [do governo Temer]. Há início do governo João Dória. Estamos falando de conceitos de mudanças, de reformas na direção de um país mais liberal e mais funcional. Transformações é o que estamos pensando quando entendemos a agenda do governo federal nova, a que esteve presente até agora e a que é a essência do governo João Dória. Não um Brasil paralisado do passado, um Brasil ideológico, mas um Brasil que busque liberdade para empreender, trabalhar e dar retorno para as pessoas” (G1).​

E por aqui?​

Por aqui o governador eleito, Ratinho Jr., vai formando seu secretariado sem fazer alarde. Desde que anunciou seu primeiro secretário de governo (no fim de outubro Ratinho Jr. anunciou o nome do general Luiz Felipe KraemerCarbonell para a Secretaria de Estado da Segurança Pública; o general Carbonell estava chefiando a Assessoria de Informações de ITAIPU Binacional), já foram feitos os anúncios de vários secretários – os dois últimos foram o jornalista Hudson Serra para a Secretaria de Comunicação e o advogado Raul Siqueira para Controlador Geral do Estado.​

Segundo o site RicMais, Ratinho Jr. pretende ‘conciliar o conhecimento técnico com o compromisso de fazer um governo austero e inovador’.​

Caminhoneiros x Coletes Amarelos​

Caetano Veloso cantou que ‘O Haiti é aqui’, né? É. A França também. Um grupo manifestante e muito barulhento, chamado ‘Coletes Amarelos’, está dando o que falar e fazer na França: é que o governo de Emmanuel Macron aumentou o preço do diesel em cerca de 25% desde o início de 2018. As vozes nas ruas estão falando altíssimo e o governo recuou totalmente do novo aumento que valeria no início de 2019. Guardadas as devidas proporções, o que os Coletes Amarelos estão fazendo na França emula de forma bem contundente o que os caminhoneiros fizeram no Brasil em maio último. E prometem fazer novamente em janeiro de 2019…​

Caminhoneiros 2019​

Jair Bolsonaro que se cuide. Há quem diga que os caminhoneiros brasileiros estão se mobilizando para em janeiro próximo pararem o Brasil. E eles têm como fazer isso. E o estrago que isso poderá provocar na popularidade do governo não é pouca coisa. Para que se tenha ideia, em julho de 2017, quando o presidente da França assumiu o governo, sua popularidade era de 54%. Agora são modestos 21%!​

Contato: idgar_dias@hotmail.com​

Acesse a Gazeta Diário na internet em www.gdia.com.br​

Tenha ótimos sábado e domingo, leitor! Boa jornada e até segunda, ok?​

Sorte e saúde sempre!​

Share

GDIA