16 de novembro de 2018
Queda de cabelo: por que o problema tem afetado tanta gente?
19 de novembro de 2018

Prefeito desastrado
O prefeito de Puerto Iguazú, Claudio Felipa, ganha do Requião e Bolsonaro juntos em termos de grossura com a imprensa. Durante uma coletiva, ele não gostou da pergunta de uma jornalista e bradou: “Por favor, um de vocês, por favor, um dos homens que é solteiro, dê a Norma Devechi um pau, por favor, dê-lhe um pau. Eu tenho uma consciência limpa e tenho mais força do que nunca, mas um de vocês, que é solteiro, que é pintudo, dê um pau a essa garota gorda”. A jovem denunciou o prefeito na Justiça.

 

Sicoob no Porto Meira
Finalmente surgiu uma diretoria de saco roxo para instalar uma agência bancária no Porto Meira. Foi o Sicoob, que passa a funcionar naquele bairro, agradando a moradores que há muitos anos esperavam por esse benefício. A diretoria já tomou providências contra a gatunagem.

 

Os Malas
O Cê na Sexta oferece ao público neste feriado prolongado o espetáculo teatral Os Malas, uma obra baseada na encenação de contos populares e folclóricos que marcam a formação do Brasil e da Região Oeste do Paraná. A apresentação acontecerá nesta sexta (16), às 19h30, na Fundação Cultural, com entrada franca.

 

Novo horário
Os Centros de Referência da Assistência Social de Foz do Iguaçu (CRASs) terão um novo horário de atendimento a partir de segunda-feira (19). As unidades, localizadas nas cinco regiões da cidade, funcionarão das 7h às 19h, de forma ininterrupta, até o dia 1º de fevereiro de 2019. O atendimento seguirá de segunda a sexta-feira. A medida, proposta pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), visa a atender a necessidade de atualização do Cadastro Único para usuários inscritos em programas sociais do governo federal, como o BPC (Benefício de Prestação Continuada).

 

No abandono
Enquanto isso, a diretoria do Conselho Tutelar da Região Norte reclama do abandono. A sede foi filmada pela RPC, e o diretor mostrou o capim tomando conta do terreno, as cortinas feitas de papelão, vidros quebrados, falta de celular e veículos sucateados. O secretário da Assistência Social foi entrevistado e aparentava nervosismo. Disse que a prefeitura deveria ser procurada e ainda acusou a diretoria de incompetência. Vem aí mais uma guerrinha.

 

Mais Médicos
Acho que o Bolsonaro deu um tiro no pé ao comprar essa briga com Cuba, que requisitou seus médicos de volta. O Brasil não tem médicos suficientes para atender a sua população, e os cubanos vinham dando uma força enorme. Cortar os investimentos naquele país, a gente compreende, mas perder os médicos é uma roubada. Ainda dá para consertar.

Share

GDIA