16 de julho de 2018
Emendas sobre a estrutura da prefeitura recebem pareceres
17 de julho de 2018

“Barraco” na Câmara
O vereador Celino Fertrin patrocinou uma cena lamentável na Câmara de Vereadores. Ele mandou um assessor buscar um projeto com uma servidora, e ela disse que somente poderia entregá-lo mediante pedido formal, protocolado. Ao receber a informação do assessor, Celino Fertrin subiu nas tamancas e foi pessoalmente falar com a servidora. Ela falou que estava seguindo as normas e que ele deveria protocolar o pedido para o presidente da Câmara autorizar. Totalmente descontrolado, o vereador berrou:
— Ou você me entrega o documento ou eu chamo a polícia, e nós resolvemos isso agora.
A servidora perguntou:
— O senhor está me ameaçando?
Ele esbravejou:
— Sou autoridade! Eu chamo a polícia!

 

Estilo trator
Quem conhece Celino Fertrin sabe que ele é mesmo “estilo trator”, que gosta de ganhar no grito, especialmente quando está diante de uma mulher. Tanto é que, logo depois de ameaçar a servidora, ele conversou com o presidente, mas baixou o tom de voz. Parecia um cordeirinho. Uma atitude lamentável para um vereador que foi eleito pelo povo. Mais grave ainda é saber que ele prega sempre a palavra de Deus e ainda não aprendeu os ensinamentos de Cristo.

 

Caso de polícia
Diante de tanta grosseria, a servidora começou chorar e foi consolada por colegas que assistiam à cena. Juntamente com o presidente da Associação dos Servidores, Waldson Dias, a servidora foi até a delegacia de polícia, onde registrou a ocorrência. O vereador será chamado e deverá responder por ameaça. “Nunca presenciamos uma cena como essa. Eu entendo que houve uma agressão”, comentou Waldson na Rádio Cultura.

 

Linha de crédito a taxistas
Conversei contem com o secretário Gilmar Piolla. Ele me disse que o Banco do Empreendedor reabrirá, por meio do convênio com a Fomento Paraná, a linha de crédito para taxistas de Foz do Iguaçu. A operação estará disponível a partir da segunda quinzena de agosto e terá como objetivo incentivar a compra de veículos para utilização no serviço.

 

Compra de veículos
O crédito para compra de veículos está limitado a R$ 26 mil ou 60% do valor do bem. O orçamento total previsto é de R$ 5 milhões. Podem habilitar-
-se ao financiamento para aquisição de veículos pessoas físicas, titulares de autorização, permissão ou concessão do poder público para exercer, comprovadamente, em veículo de sua propriedade, a atividade de condutor autônomo de passageiros, na categoria táxi, devidamente registrado nos órgãos municipais competentes que regulam a atividade. O prazo de pagamento do crédito é 48 meses, e as taxas de juros iniciam a partir de 1,67% ao mês.

Share

GDIA