9 de julho de 2018
Itaipu, PTI e Unioeste assinam convênios para continuar parcerias
10 de julho de 2018

Anta morta no parque
Em mais uma incursão pelo Parque Nacional do Iguaçu, o ICMBio e o Batalhão de Fronteira percorreram 53 quilômetros entre Céu Azul e Capanema. Foram localizados e destruídos mais três acampamentos de caçadores. Também foi localizada uma anta morta, pesando cerca de 90 quilos. Os caçadores não tiveram tempo para esquartejar e transportar a carne do animal.

 

Desemprego
Mais de 3,6 mil pessoas participaram do concurso do Fozhabita, nesse domingo (8), para preencher apenas 14 vagas. O salário varia de R$ 1,6 mil a R$ 3,5 mil. Se tanta gente se inscreveu para um cargo público, é sinal de que o desemprego em nossa cidade está campeando solto.

 

Multas parceladas
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou o parcelamento para o pagamento de infrações por motoristas em situações irregulares. A resolução foi publicada no Diário Oficial da última sexta-feira (6). A principal mudança está na permissão de pagamento de débitos com outras formas de pagamento, entre elas o parcelamento dos valores pelo cartão de crédito. Essa modalidade, no entanto, não ficará restrita a multas. Com tantas multas aplicadas, melhor parcelar mesmo.

 

Momento triste
O astro da seleção brasileira Neymar disse no sábado, em uma rede social, que está difícil encontrar forças para querer voltar a jogar futebol após a derrota do Brasil para a Bélgica, que eliminou a seleção brasileira nas quartas de final da Copa da Rússia.

 

Dindim motivador
Não se preocupe, Neymar, o salário que cairá na sua conta todo final de mês lhe dará forças de sobra.

 

Tribunal do crime
O Ministério Público de São Paulo descobriu que o PCC tem seu próprio código penal para disciplinar e punir seus integrantes. Entre os “delitos” classificados pelo PCC estão: “atos de malandrismo, mão na cumbuca, abandono de responsa, falta de visão e sem noção”. Uma das punições é apanhar de pé, do pescoço para baixo. Os membros do PCC também podem ser suspensos ou expulsos da organização criminosa. E viva o Brasil.

 

Coca-Cola investigada
A Receita Federal apura se a Coca-Cola está fraudando seus produtos para ampliar o lucro na Zona Franca de Manaus, onde fica sua fábrica. A averiguação fiscal ocorre em um momento em que os envios da subsidiária brasileira para os EUA subiram quase R$ 1 bilhão após o ano de 2016. Desde 2015, o fisco americano cobra da Coca US$ 3,3 bilhões (R$ 13 bilhões) em royalties devidos por sete países, incluindo o Brasil. A Coca-Cola já foi notificada pela Receita. A empresa nega qualquer irregularidade.

Share

GDIA