6 de julho de 2018
6 de julho de 2018

E-mail: doniesportes@brturbo.com.br

 

Brasil x Bélgica
Frente a frente nesta sexta-feira (6), na Arena Kazan, estarão dois candidatos a craque da Copa do Mundo da Rússia. De um lado, buscando o primeiro título mundial para a badalada — e por vezes contestada — geração belga, está Eden Hazard. O camisa 10 foi eleito pela Fifa o melhor jogador na partida contra o Japão — duelo que credenciou os diabos vermelhos para enfrentarem a Seleção Brasileira nas quartas de final do Mundial — e no confronto contra a Tunísia pela fase de grupos, quando fez dois gols. Do outro o jovem Neymar, o maior destaque brasileiro, caçado durante todo o torneio pelos zagueiros. Recuperado, Neymar já marcou dois gols na competição.

 

Craque brasileiro
A seleção com cinco títulos mundiais é regida por Neymar, estrela do Santos, Barcelona e do Paris Saint Germain. De jovem promessa a afirmação no Santos, onde venceu a Copa do Brasil de 2010 e a Libertadores de 2011, Neymar desembarcou em Barcelona em 2013. No mesmo ano, foi campeão da Copa das Confederações ao derrotar a Espanha por 3 a 0 no Maracanã. Aos poucos, foi se soltando e transformou-se, ao lado de Lionel Messi, o dono das ações ofensivas da equipe catalã. Em solo espanhol, foi campeão nacional em 2015 e 2016 e da Liga dos Campeões de 2015 — além do título, ajudou a equipe com 10 gols na campanha, incluindo um na decisão contra a Juventus. Cansado de ser coadjuvante de Messi, o brasileiro buscou na França um clube para chamar de seu. Assinou com o PSG na transferência mais cara do futebol mundial.

 

Perigo ofensivo
A Bélgica eliminou o Japão com um gol no último minuto e está nas quartas de final da Copa do Mundo para enfrentar o Brasil, nestasexta-feira em Kazan. Com os três gols marcados n\ última segunda-feira (dia 2), os belgas mantiveram a boa fase ofensiva e continuam ostentando o melhor ataque do Mundial de 2018. O time de Roberto Martínez marcou 12 gols em quatro partidas, média de três por jogo. Foram três tentos no Panamá, cinco em cima da Tunísia, um na Inglaterra e os de hoje contra os japoneses. Por outro lado, a Seleção Brasileira é a dona da melhor defesa da competição. Os brasileiros – assim como o Uruguai – sofreram apenas um gol na Copa de 2018.

 

Brasil é favorito
Que vença o melhor, e que o melhor seja o time brasileiro. Segundo pesquisa, o Brasil tem 69,1% de possibilidade de chegar à semifinal. Ainda de acordo com o estudo, a vitória da seleção brasileira sobre a Bélgica, com 55% de chance, deverá ser de 1 a 0.  Antes da Copa, os cálculos mostravam que o Brasil tinha 21% de chance de ganhar o torneio, percentual que subiu para 31%. A França aparece em seguida, com 15,7%, enquanto a Croácia está na terceira posição na corrida pelo título, com 15%.

 

Frase Bíblica:
“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade”.

*Timóteo 2:15

 

Share

GDIA