14 de junho de 2018
14 de junho de 2018

Copa do Mundo
Nesta quinta-feira começa a Copa do Mundo. Abertura as 12 horas (de Brasília) e depois o jogo entre os donos da casa e Arábia Saudita. Empolgação para todo lado. Ronaldo Fenômeno (foto) representa oficialmente o Brasil. O time brasileiro é um dos favoritos juntamente com Alemanha, França e Espanha. Os olhos do mundo estão voltados para a competição, considerada a mais importante dentro setor esportivo. (Foto Ibee.com.br)

 

Façanha difícil
Copa do Mundo é um título difícil de manter. O Brasil ganhou duas vezes consecutivas, em 1958 e em 1962. A Itália, por sua vez, levou a Copa de 1934, em casa, e a de 1838, na França. E ninguém mais conquistou uma dobradinha. Na verdade, desde que o Brasil alcançou tal façanha, os campeões das copas passadas só conseguiram passar das quartas de final no torneio seguinte em duas ocasiões. A Argentina em 1990 e o Brasil em 1998 avançaram depois de terem levantado o troféu na Copa anterior. Nos últimos quatro torneios, os campeões foram eliminados ainda na fase dos grupos em três ocasiões.

 

Crescimento alemão
A Alemanha tem um excelente histórico. Nos últimos nove torneios – incluindo três nos quais o país disputou como Alemanha Ocidental – os alemães venceram duas vezes, chegaram a mais três finais e terminaram em terceiro em mais duas ocasiões. No entanto, quando se trata de ganhar a taça duas vezes seguidas, a história pesa contra os alemães na Copa da Rússia. Assim, com base no histórico das Copas, a Alemanha estaria eliminada da lista de favoritas, o que não confirma a maioria das estatísticas.

 

Os campeões
Todos os campeões vieram ou da Europa ou da América do Sul. Até pouco tempo, os europeus estavam em desvantagem. Mas a vitória da Espanha na Copa da África do Sul e o triunfo da Alemanha no Mundial sediado pelo Brasil mudou essa tendência. Os campeões dos torneios realizados na Europa, por sua vez, foram, quase sempre seleções europeias. Das dez competições sediadas em países europeus, apenas o Brasil ganhou na Suécia em 1958 – os outros nove vencedores são representantes do continente. Assim, ficam na lista apenas os times europeus, já que a Copa desse ano é na Rússia. Brasil e Argentina estariam, por esse critério, eliminados. O brasileiro nem quer ouvir falar nesta hipótese, mas torcem contra os argentinos.

 

Frase Bíblica:
“Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo”.

*Efésios 4:32

 

E-mail: doniesportes@brturbo.com.br

Share

GDIA