4 de junho de 2018
4 de junho de 2018

Olá. Bom dia, leitor!

 

‘Carpe diem!’
– Hoje, segunda-feira, dia 04 de junho, comemora-se o ‘Dia Mundial das Crianças Vítimas de Agressão’;
– Também hoje se comemora o ‘Dia do Engenheiro Agrimensor’.

 

Não é só aqui
A corrupção não é exatamente um privilégio brasileiro (e nem o maior de nossos problemas!). Na Espanha, depois de ‘seis anos e meio no poder, o premiê Mariano Rajoy foi deposto do cargo. O líder dos socialistas espanhóis, Pedro Sanchez – que assumiu em seu lugar – havia pedido uma moção de censura contra Rajoy em razão de casos de corrupção no governo do primeiro-ministro conservador. Detalhe: Sanchez havia sido derrotado por Rajoy por duas vezes nas urnas’.

 

Não é só aqui (2)
Antes de ser apeado do poder, Mariano Rajoy foi humilhado: ’29 membros da cúpula do PP, o partido do primeiro-ministro, foram condenados a penas que, somadas, chegam a 351 anos de prisão – por corrupção, lavagem de dinheiro e desvio de verba pública, entre outros crimes’.
Pois é. Como se vê, na Espanha a corrupção também grassa, mas faz governos caírem e pune os malfeitores. A diferença para o Brasil está na disposição de afastar e castigar quem merece, de forma justa e rápida.
Faz lembrar Jô Soares, para quem ‘a corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa’..!

 

Ineficiência
“Enquanto a estatal norueguesa de petróleo, a Statoil, tem 20 mil funcionários, que produzem e processam 2,1 milhões de barris/dia, a Petrobras tem 186 mil – entre funcionários próprios e terceirizados – para produzir e processar 2,8 milhões de barris/dia.
Proporcionalmente, cada funcionário da Statoil trabalha 105 barris/dia e cada um dos nossos, míseros 15. Com uma ineficiência dessas – além da cobertura dos rombos bilionários provocados pela administração inepta e corrupta do PT – não admira o que pagamos pelos combustíveis no Brasil”.
Mensagem de coluna do leitor (jornal não citado) – Marcelo Melgaço – que corre no WhatsApp.

 

Ineficiência (2)
Há um sem-número de economistas a defender que a Petrobras continue nas mãos do Estado. Porém, as sempre más notícias a respeito da companhia parecem ir quebrando paulatinamente a resistência à sua privatização, que nunca foi tão baixa. Na semana passada circulou nas redes sociais um meme do indefectível Mr. Bean enunciando: “Quando a Petrobras tem lucro, você não ganha nada. Mas quando ela tem prejuízo, você paga a conta. Entendeu porque tem que privatizar?”

 

Balanço
A paralisação dos caminhoneiros encerrada na semana passada nos mostrou que o capital político de Michel Temer é ainda menor do que se imaginava; que sua equipe de informações é ‘tabajara’, assim como todos que se disseram líderes do movimento.
Mostrou também que o governador paulista Márcio França tem sensibilidade e sabe falar e entender o português do povo. Foi a partir de suas negociações com os caminhoneiros em São Paulo que a paralisação destravou.

 

Acesse a Gazeta Diário na internet em www.gdia.com.br

É segunda-feira, leitor! Que a semana seja de grandes notícias! Boa jornada, ok?
Sorte e saúde sempre a todos!

 

Share

GDIA