30 de maio de 2018
Cataratas ganham destaque em missão do Brasil e Argentina na China
1 de junho de 2018

Transporte coletivo
O diretor-presidente do Foztrans, Fernando Maraninchi, está fazendo tudo para o transporte coletivo voltar ao normal. Está em contato direto com as transportadoras e direção do Consórcio Sorriso. Maraninchi quer a normalização antes do feriado.

 

Tudo bem na Vital
Enquanto em outras cidades o lixo se espalhou pelas ruas com a greve dos caminhoneiros, em Foz do Iguaçu tudo transcorreu normalmente. A concessionária Vital Engenharia tinha combustível estocado e não precisou paralisar o serviço. O estoque daria ainda para dez dias. Gente prevenida é outra coisa.

 

Feirinha aberta
A Feirinha da JK vai abrir nesta quinta-feira (31), feriado de Corpus Christi, das 15h às 22h. Além do artesanato e da gastronomia, a edição especial da feira contará com exposição de motos e carros antigos. Um abraço ao meu amigo Joaquim, agricultor da barraca de produtos orgânicos. Ele toca viola e recebe sempre os amigos para uma cantoria.

 

Foi pro saco
O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta terça o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro por conta de um esquema de desvios na Petrobras. Este é o primeiro julgamento de uma ação penal da Operação Lava Jato no STF. Tem mais deputado na mira.

 

A paciência está acabando
“Nossos homens e mulheres receberam esta missão e pedimos a vocês mais uma vez que colaborem. É necessário que se entenda que é através do diálogo que chegaremos a uma solução que beneficie a todos. Esperamos resolver o problema pela negociação, e não pelo emprego da força.” O comunicado é do Comando Militar Sul, via WhatsApp, mesmo meio de comunicação dos motoristas.

 

Milicos na boleia
Na edição desta terça, o Estadão informou que o empresariado brasileiro solicitou 300 militares para dirigir caminhões que estão parados por causa da greve de seus motoristas, iniciada há nove dias.

 

Os infiltrados
Policiais da inteligência da PRF estão infiltrados no movimento dos caminhoneiros para tentar identificar e prender líderes que insistem para que os caminhoneiros permaneçam parados, afirmou o diretor-geral da instituição, Renato Antonio Borges, em entrevista à Veja on-line.

 

Prisão em flagrante
Segundo Borges, agentes da PRF perceberam que em alguns pontos de aglomeração os caminhoneiros estão sendo coagidos por falsas lideranças a manter a greve. “Se flagrarmos um desses falsos líderes, faremos a prisão em flagrante da pessoa”, garantiu. Pelo jeito, as forças de segurança irão endurecer com a categoria e o pau pode quebrar.

Share

GDIA