Entidades querem legislação que facilite captação de eventos
23 de maio de 2018
23 de maio de 2018

Educação física
Só no Brasil mesmo essa excrescência de não valorizarem os professores, tampouco as aulas de Educação Física. Depois não sabem o que fazer para combater a obesidade. A educação física e as aulas de condicionamento são a melhor maneira de lidar com essa doença. Um jovem é estimulado a sentar em frente ao computador para estudar, comendo lanchinho do Mac Donald ou da concorrência. É o fim! Em Foz, com os concursos, pode ser que a dinâmica seja outra.

 

Disque-denúncia por WhatsApp
A Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR cria conta no WhatsApp para receber informações sobre crimes de sua atribuição e localização de foragidos. O número para contato é (45) 99940-4855. O povo pode enviar mensagens de texto, imagens e documentos que auxiliarem na elucidação de crimes. E haja crime nesta terra fronteiriça e abençoada!

 

Sigilo
Muita gente não denuncia ou não procura a polícia com medo de represália dos bandidos. Está tudo errado! No caso da Polícia Federal, denunciando por meio do telefone fixo (45) 3576-5511, ou de outras maneiras, é SIGILO TOTAL! Todos os dados relativos à identificação da pessoa que desejar colaborar com os trabalhos de investigação são protegidos.

 

Nas novelas
Tribunais, julgamentos, sentenças, martírio de inocentes na cadeia, os bons da boca nos presídios, tudo isso virou tema de novelas, independentemente dos autores. Na nova novela das 9, na Globo, encenam a qualidade das penitenciárias na Bahia. Que barbaridade!

 

Na vida real
Quem esteve na penitenciária de Foz garante que a vida lá não é tão dantesca como nos filmes, com mil e uma pessoas dividindo o mesmo quadradinho, igual no cadeião e em outras carceragens. Mas ficar preso é um martírio, e dos piores, afinal qualquer forma de detenção reprime. É simples: quem leva a vida numa boa não corre o risco de sofrer com a prisão. Falar nisso, ontem foi o níver do Cazuza. Não deve ter sido uma experiência agradável.

 

A vez do Ratinho
Cida Borghetti não sai da cidade; prometeu inclusive voltar para sacramentar a pedra fundamental do viaduto da Costa e Silva. Osmar Dias esteve em Foz na sexta-feira e falou aos pedetistas. Agora é a vez do Ratinho Jr. Mas ao que consta, além de visitar os iguaçuenses, ele dará uma força especial para um amigo (de longa data): participará do lançamento da pré-candidatura do Vermelho para a disputa de uma vaga na Câmara Federal, pelo PSD. O evento promete, e Chico Brasileiro será o anfitrião. A data exata ainda não foi revelada, mas deve ser na semana de aniversário da cidade.

 

No Paraguai
Quem acompanha o desenrolar dos fatos do lado de lá da fronteira nota que os paraguaios estão incinerando drogas a todo tempo. Aos olhos de muita gente isso é colírio e mostra como as coisas mudaram por lá.

 

Preço do diesel
Quem possui veículo a gasolina não sabe o que fazer, e é uma dor de cabeça abastecer. Se houvesse como abastecer gás em Foz, muitos já teriam providenciado alteração nos motores. Mas parece que isso vai demorar. O caso é que o diesel, responsável pelo transporte dos produtos brasileiros, está impraticável. Para variar quem paga o aumento é o cidadão, pois o frete acaba inserido no preço final do produto. Que país é este que abandonou os rios e as ferrovias e agora encarece o combustível das rodovias? Escolha o nome disso: burrice ou sacanagem.

 

Lula presidente?
Um partidário petista garante que o presidente presidiário lançará a candidatura no próximo domingo, dia 27. Independentemente de verdade ou mentira, há quem jure de pés juntos que se isso acontecer e Lula chegar a concorrer, será páreo muito duro para os outros postulantes. Bom, isso se dá pela qualidade da política no Brasil.

 

Barrada no baile…
…ou na reunião sobre saúde na Câmara. A primeira secretária do Comus, Conselho Municipal de Saúde, Olga Regina Souza, foi impedida de frequentar uma reunião sobre o setor na Câmara Municipal. A Câmara é a casa do povo, portanto todos possuem acesso ao Legislativo. Até agora não se sabe ao certo quem barrou a Olga. Quando o bicho pega, todo mundo sai da reta.

 

Frio
Poxa Corvo, o senhor escreveu que o inverno seria ameno. Que nada, ainda estamos no outono, e o frio está de arrebentar. Na minha casa, na zona rural de Foz, o termômetro encostou no zero. Haja cobertor.
Marilda Frasão

O Corvo responde: que é isso? Que frio nada! Só bateu um ventinho do Sul. Frio a senhora verá daqui uns dias, quando o inverno chegar pra valer. Está difícil aturar o cheiro de naftalina nas roupas das madames encapuzadas, como habitassem o Polo Norte.

 

Boa notícia
O prefeito Chico Brasileiro disse que recebeu um plano para a pavimentação de toda a área rural de Foz. Isso deve ocorrer rapidamente, para a alegria de quem mora nas chácaras e os que adoram passear pelas plantações.

 

Ladrão de milho
Contaram para o Corvo que uma pessoa bem conhecida foi flagrada surrupiando milho de uma lavoura nas proximidades do Pesque Pague Wandscheer. O moçoilo abriu o porta-malas do veículo e despejava braçadas de milho. Pelo visto vai fazer pamonha! Puxa vida, deveria dar o exemplo e passar pelo supermercado, onde o preço do produto está acessível. O dono da propriedade disse que gravou com o celular e ameaça largar o vídeo nas redes sociais.

 

Fogo no mato
Corvo, tem gente que não tem vergonha na cara. Todos os sábados, eu pago a moça que vem limpar a casa. Foi ela ir embora, um gaiato botou fogo no terreno ao lado e empesteou toda a residência com o cheiro e resquícios da queimada. Tive que limpar tudo de novo. E o pior é que fui falar com o infeliz, e ele me tratou sem respeito. O que a gente faz, Corvo? Liga para os bombeiros?
Nanci Souza

O Corvo responde: a senhora deve ligar é para a polícia ou esperar um dia útil e fazer uma denúncia na Secretaria de Meio Ambiente. Tocar fogo no mato é crime ambiental. A multa é pesada e, dependendo, o autor é conduzido até a delegacia, ou ao fórum direto. Denuncie!

 

Carros novos
Segundo um especialista no assunto, o nível dos veículos para leilão na Receita Federal é bem acima dos anos anteriores se considerada a qualidade. Há automóveis e ônibus muito confortáveis e que custariam bem mais nas revendas. Isso acontece porque os veículos transportam ilegalidades, daí vão a leilão. Se os leilões fossem realizados com mais brevidade, o número de interessados seria bem maior, pois os veículos não se deteriorariam nos pátios.

Share

GDIA