15 de maio de 2018
15 de maio de 2018

Boa convocação

A lista dos 23 convocados do treinador da Seleção Brasileira não teve surpresas e mantém padrão das anteriores. Isso porque a convocação da Seleção Brasileira de Tite para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, revelada nesta segunda-feira (14), foi ótima e coerente, mas teve escolhas questionáveis, como ocorreu em suas últimas convocações. Algo absolutamente normal se tratando do escrete canarinho. Diante do trabalho feito por Tite e de algumas escolhas antes vistas com desconfiança, que foram superadas e hoje são muito elogiadas.

 

 Fred e não Arthur

A questão do gosto no meio-campo é levantada pela presença de Fred. Ele fez uma temporada vitoriosa e inquestionável e jogou demais no Shakhtar Donetsk. Não à toa, está sendo disputado por gigantes da Europa. José Mourinho e Pep Guardiola, por exemplo, tentam levá-lo para Manchester. No entanto, apesar da qualidade técnica e ótimo ano, esperávamos o gremista Arthur, assim como vários outros amantes do futebol, jornalistas e analistas possuem essas ou outras preferências. Tite não erra ao levar Fred para a Rússia. Ele merece, até porque não dá pra levar todo mundo que merece.

 

Patinho feio

No ataque, existe o “patinho feio” e a opinião que merece sim ser questionada. Douglas Costa, Roberto Firmino, Gabriel Jesus e Neymar são inquestionáveis e merecem demais a convocação. Mas… E Taison? Questionado sobre o atacante do Shakhtar Donetsk, Tite deixou claro que confia no jogador, com quem já trabalhou e teve sucesso. No entanto, a confiança e o passado não justificam a escolha do treinador neste caso específico, ao contrário do que acontece em outras escolhas. Esse pensamento passa por muita gente.

 

Ainda sobre a lista

Para grande parte da crônica, a lista é ótima e muito coerente. Apesar de alguns questionamentos, Tite acertou a mão e foi muito feliz. Com seu ótimo trabalho, a confiança em alta e o excelente futebol e os resultados apresentados recentemente, o Brasil chega muito forte para a Copa do Mundo, sendo um dos grandes favoritos para levantar a taça na Rússia. Más alguns que ficaram de fora, vivem bons momentos, entre eles o goleiro Vanderlei do Santos, o meia Diego do Flamengo.

 

Santo é de barro

Tem muita gente colocando o Brasil como favorito. Isto já aconteceu em outros mundiais. Cronistas e torcedores “queimaram a língua”. É bom colocar as “barbas de molho”, e respeitar adversários. Ninguém do Brasil sequer pensava em ver nossa seleção na Copa passada levar uma surra da Alemanha. “Devagar com o andor pois o santo é de barro”.

 

Frase Bíblica

“Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, porque dela foste tomado; pois és pó, e ao pó tornarás”.

*Gênesis 3.19.

 

E-mail: doniesportes@brturbo.com.br

 

 

Share

GDIA