Rodrigo Maia volta a defender redução de ministério sem lugar de criação de impostos

Governo estuda ampliar vacinação de febre amarela para todo o país
22 de fevereiro de 2018
Congresso Brasileiro de Hérnia vai debater novas tecnologias em Foz do Iguaçu
22 de fevereiro de 2018

Rodrigo Maia volta a defender redução de ministério sem lugar de criação de impostos

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou esta semana que defende a redução do número de ministérios em vez do aumento ou criação de impostos para gerar receita orçamentária. Depois de se reunir com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, para tratar do projeto de lei que estabelece um teto para os supersalários, Maia defendeu a retomada de uma pauta de contenção dos gastos obrigatórios do governo. “Em tese, se o governo quer criar impostos, eu prefiro discutir o lado das despesas. É por isso que eu fiz, de forma simbólica, aquela frase quarta-feira, mas eu acho que de fato a gente tem que discutir despesas. O brasileiro não quer pagar impostos”, disse. (Débora Brito – Repórter da Agência Brasil/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Share

GDIA