Paraguai extradita nesta quarta um dos maiores traficantes brasileiros

PRF registra dez mortes no feriado prolongado de Natal no Paraná
26 de dezembro de 2017
Estendida
27 de dezembro de 2017

Paraguai extradita nesta quarta um dos maiores traficantes brasileiros

De nada adiantou espernear, ameaçar ou tentar fugir. O megatraficante Jarvis Chimenes Pavão será extraditado nesta quarta-feira (28) do Paraguai, onde cumpriu pena de oito anos por crimes de narcotráfico, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Pavão é considerado pela polícia como um bandido muito esperto e perigoso. Ele tinha um rosário de crimes no Brasil e decidiu fugir para o Paraguai onde esperava uma vida mais tranquila. Membro do PCC, Pavão foi preso em 2009 em Pedro Juan Caballero, na divisa com o Brasil. Por razões de segurança a polícia paraguaia não informou o horário de sua extradição. Seus amigos do PCC tentaram retirá-lo diversas vezes da prisão paraguaia. Certa vez havia um plano de fuga que previa a explosão do presídio e o uso de um helicóptero. Por meio de escuta telefônica o plano foi descoberto e a segurança foi reforçada. (Adelino de Souza Freelancer / Foto: Divulgação)